rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
RFI CONVIDA
rss itunes

A carne é um objeto de sedução e excitação, diz Júlio Bressane em Locarno

O RFI convida traz nesta quinta-feira (9) o cineasta brasileiro Júlio Bressane, cujo filme "Sedução da Carne" está sendo exibido na mostra paralela Sinais de Vida, no Festival Internacional de Cinema de Locarno, onde o diretor tem apresentado muitos de seus filmes.

Rui Martins, do Festival de Locarno, especial para a RFI Brasil

A sedução da carne pode ser um complemento à alimentação, mas também à destruição, como enfatizou Bressane, em conversa com os espectadores durante o Festival de Locarno, pois no Brasil para se chegar aos rebanhos bovinos se destroem florestas, pratica-se a monocultura da soja e se interrompem os ciclos das águas.

A personagem do filme é Siloé, nome inspirado de uma antiga nascente de água em Jerusalém, conhecida nos Evangelhos por ter lavado nela seus olhos, retirando o barro com saliva, um cego curado por Jesus.

Siloé costuma falar com seu papagaio e conta ser viúva há três anos. Antes, havia viajado muito com seu marido e as paisagens e imagens mostradas no filme "Sedução da Carne" são dos lugares por onde ela viajou.

Ao lado dela, há sempre um prato com filés de carne crua. O filme se torna surrealista como os do espanhol Luiz Buñuel, quando pedaços de carne passam a se mover como se fossem vivos.

A relação de Siloé com os pedaços de carne é erótica, ela lambe um pedaço no qual há uma orifício, enquanto outro pedaço vivo de carne crua desliza pelas suas pernas em direção à entre coxa, sobre seu sexo, coberto pela saia, permitindo-lhe se masturbar.

Na cena final, Siloé está deitada nua sobre as costas com largos bifes sobre seus seios, coxas e púbis.

Vegetariano, mas não propagandista dessa opção alimentar, Bressane mostra algumas curtas cenas de abate de animais e sangria, que lembram as dos movimento antiespecista veganista.

Logo depois da exibição do seu filme, Bressane aproveitou para denunciar a destruição que se continua fazendo no Brasil das florestas para o plantio da soja, isso se refletindo no escasseamento da água e das chuvas, além do envenenamento alimentar provocado pelo excesso de agrotóxicos nas plantações.

Brasileira apresenta na Berlinale documentário sobre ocupação dos Sem Terra em Goiás

“Direito à comunicação no Brasil ainda é muito atrasado”, diz fundador de web rádio indígena

"Alastrar competitividade para toda a economia brasileira está no radar do governo", diz diretor-geral da OMC

Fotógrafo curitibano expõe em Paris obras inspiradas na espiritualidade

Orçamento participativo e Bolsa Família são as principais políticas públicas “exportadas” pelo Brasil

“Brasil tem volta da oligarquia com uma política de extrema direita”, diz sociólogo da UFRJ

Compositor francês Debussy influenciou até Bossa Nova, lembra maestro Isaac Chueke

“Brasil e França trabalharam pelo silenciamento da memória escravista”, diz historiadora

Escritora Telma Brites Alves lança em Paris seu livro "Gaia: A Roda da Vida"

Cantora brasileira mistura música árabe e nordestina em álbum “Brisa Mourisca”

Movimento dos Atingidos por Barragens quer garantias de reparação total de danos às vítimas de Brumadinho

"Precariedade das favelas é estimulada pelo próprio Estado", diz historiador

Human Rights Watch: partida de Jean Wyllys é “triste para a esquerda e a direita”

“Falta educação no projeto de governo Bolsonaro”, diz Renato Janine Ribeiro

Apoiar oposição a Maduro é ingênuo e perigoso, diz especialista da Unicamp

"Estrela no Guia Michelin brinda a amizade franco-brasileira”, diz chef Raphaël Rego

Brasil é país que mais cai em relatório sobre competitividade divulgado em Davos

“Europeu gosta de música brasileira com contexto histórico”, diz cantor Mario Bakuna