rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
RFI CONVIDA
rss itunes

“Eu quis mostrar o ciclo criminoso que persiste no sertão brasileiro”, diz cineasta Eduardo Morotó em Biarritz

Por Maria Emilia Alencar

“Em uma cidade do interior do Brasil chamada Serra da Onça, os integrantes do Partido do Touro acreditam ser soberanos perante as mulheres, os trabalhadores e as terras, das quais se apossam mediante falsos títulos de propriedade”. Essa é a sinopse do curta-metragem “Repulsa”, do jovem cineasta pernambucano Eduardo Morotó, em competição no Festival Biarritz América Latina.

Serra da Onça é uma cidade fictícia e Partido do Touro é um nome inventado para batizar o grupo todo poderoso de coronéis da zona da mata. “Repulsa” é uma trágica paródia do Brasil arcaico que persiste no sertão e no agreste.

Em entrevista à RFI em Biarritz, no sudoeste da França, Eduardo Morotó explica que a sua motivação ao fazer esse curta-metragem foi mostrar “um ciclo criminoso da política brasileira” em regiões onde as graves violações sobre a posse da terra continuam e onde o trabalho escravo e o feminicídio são impunes.

Microcosmo da realidade brasileira

O curta foi rodado no interior de Pernambuco, que serve de “microcosmo da realidade brasileira”, segundo o diretor. A estética, assumidamente inspirada em obras do Cinema Novo como “Deus e o Diabo na Terra do Sol” ou “O Dragão da Maldade e o Santo Guerreiro”, de Glauber Rocha, contribui para a dramaticidade do filme em preto e branco.

“Uso da religião está sendo deturpado nas eleições", diz médium Divaldo Franco

“Minha música é um engajamento pela liberdade”, diz gaúcho radicado na França

“Apenas distanciamento histórico vai explicar o que deu errado no Brasil”, diz cineasta Filipe Galvon

"Brasileiros querem coisas novas, mesmo que elas piorem para depois melhorar", diz Luiz Olavo Baptista

Jussara Korngold: "Brasileiros contribuiram para entrada do espiritismo nos EUA"

Documentário sobre ocupação do prédio do IBGE durante Rio 2016 é lançado na França

“Brasil virou um território da burrice”, diz escritor Bernardo Carvalho

“Há uma crença de que um regime mais militarizado colocaria ordem no Brasil”, diz historiadora da USP

Campanha da extrema direita mergulha Brasil em momento regressivo, diz especialista em segurança

"Faremos políticas públicas de alto impacto e baixo custo", diz cocandidata da Bancada Ativista de SP

Bolsonaro é produto de "avacalhação" da democracia brasileira, diz analista

Tudo o que você precisa saber para votar nas eleições brasileiras de 2018 em Paris

“Era inimaginável ver alguém defendendo a volta da ditadura, como hoje no Brasil”, diz a cineasta Flávia Castro

“Bolsonaro representa a banda podre do Brasil”, diz cartunista Adão Iturrusgarai

Bela Gil em festival Slow Food na Itália: “É importante conhecer quem produz o alimento”

Sabores do Brasil recebe “30% de brasileiros saudosos e 70% de franceses curiosos” em Paris