rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
Cultura
rss itunes

Street art ganha museu flutuante à beira do Sena

Por Patricia Moribe

Fluctuart é o nome de um novo espaço em Paris dedicado à street art. Construído como um moderno barco transparente, o Fluctuart está ancorado em um local privilegiado à beira do Sena, entre a imponente ponte Alexandre III e a Torre Eiffel.

Nicolas Laugero Lasserre é um dos co-fundadores do Fluctuart e diretor artístico do espaço:

“Queríamos um local permanente para a street art, totalmente dedicado ao gênero. Um lugar aberto para artistas do mundo todo. Fala-se que Paris é provavelmente a capital mundial desse movimento. Isso porque há 20 anos, e mesmo 30, desde o grafite, faz-se muita arte urbana aqui. Há também uma certa tolerância das autoridades, das prefeituras para a prática. Os artistas puderam se expressar e também um mercado cresceu para isso. Há 60 galerias de street art em Paris e cerca de 15 leilões específicos todo ano. É algo excepcional no mundo. Somos um dos centros do mundo para os artistas e para o mercado.”

O projeto ganhou, entre 40 candidatos, uma licitação para revitalizar o local à beira do Sena em 2017.  São mil metros quadrados em três andares. No primeiro andar, ou “térreo”, fica a exposição permanente, com nomes já clássicos da street art, como Banksy, Keith Harring, JR e outros. Tem também uma livraria especializada.

No andar de baixo, fica o espaço para exposições temporárias, com visitas guiadas várias vezes por dia. A primeira artista convidada é a americana Swoon. Nicolas Laugero Lassere fala a respeito da escolha:

“O objetivo era começar com um nome importante do movimento. Swoon é americana e é importante que seja uma mulher. Nesse meio, como em muitos outros, os homens são 90%, por isso estamos contentes em começar com uma artista mulher. Apresentamos aqui a retrospectiva de Swoon. São 20 anos de criação, todos os períodos. Ficamos contentes em acolhê-la, pois é uma artista humanista, preocupada com os problemas da sociedade, da humanidade, da preservação, com a ecologia. É uma artista conectada com o mundo."

Fluctuart, centro de arte urbana em Paris. Foto: Patricia Moribe

No andar de cima, o rooftop é um bar com vista para a Ponte Alexandre III, a torre Eiffel e o Sena. Ideal para um happy hour ou para apreciar a vista após a visita, como é o caso de Cristina:

“É um local bem animado. As exposições ficam mais vivas, por causa do movimento, da proximidade do rio. É mais natural que uma exposição fechada dentro de um prédio. Além disso, é uma exposição gratuita, todo mundo pode vir. Talvez seja um pouco pequeno, em termos de volume, pois é um barco, mas o conceito é perfeito”.

O Fluctuart é um projeto privado. Nicolas Laugero Lasserre explica:

“Queríamos que o acesso fosse gratuito. Então construímos o modelo econômico no bar do rooftop, com o bar e petiscos. É também um local de eventos, as empresas podem alugar o espaço. É nisso que apostamos, que o local possa viver economicamente das atividades do bar e eventos e assim manter o centro de artes totalmente gratuito.”

A exposição de Swoon no Fluctuart fica em cartaz até 22 de setembro.

Ana Karenina inspira peça em três línguas assinada pelo português Tiago Rodrigues

Como será o amor no futuro? Mostra 'Futures of Love' em Paris projeta era de corpos virtuais, distopia e sensualidade

Mostra em Paris oferece mergulho na street art de Banksy em quase 100 reproduções

Mostra na Fundação Cartier de Paris reflete sobre estética e ciência das árvores

Espetáculo audiovisual encena 3 mil anos de Lutécia, o alterego milenar de Paris

Festival de Verão flerta com o ilusionismo e a performance para revelar Paris encantada

Festivais de verão se multiplicam e se tornam "motor de convivialidade" na França

Sidival Fila: frei brasileiro baseado em Roma expõe arte abstrata em Paris e na Bienal de Veneza

Daniel Galera lança na França romance apocalíptico "Meia-noite e vinte"

Crise de refugiados é tema de espetáculo em festival de marionetes em Paris

Com jurados brasileiros, "Queer Palm" chega na sua 10ª edição em Cannes

Mostra em Paris propõe imersão nas emoções do amor à primeira vista