rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
Cultura
rss itunes

"De Drácula à Buffy": exposição em Paris resgata trajetória dos vampiros na arte e na História

Por Daniella Franco

Sincronizada com o Halloween, a Cinemateca Francesa, em Paris, exibe a mostra "Vampiros, de Drácula à Buffy". Com trechos de filmes, livros, fotografias, pinturas, serigrafias, esculturas e até mesmo peças célebres dos figurinos de "Nosferatu", de Werner Herzog, e "Entrevista com o Vampiro", de Neil Jordan, a exposição recompõe como esse misterioso personagem é retratado ao longo da História.

Do ilustre romance de Bram Stoker aos longas de Tod Browing, de 1931, e Francis Ford Coppola, de 1992, a exposição destaca a figura do vampiro no cinema e na literatura. Também resgata a trajetória deste misterioso personagem nas artes plásticas - por Andy Warhol, Basquiat, Niki de Saint Phalle, Goya.

Mas, ao ser levado para a TV - com séries como "Buffy, a Caça Vampiros", "True Blood" ou "The Strain" - o vampiro se transforma em um ícone pop e passa a ser utilizado até mesmo na publicidade, como explicou à RFI o curador da mostra, Matthieu Orléan. "A ideia é apresentar ao público uma vasta gama de representação dos vampiros, desde o fim do século 18, para mostrar em que ponto esse mito teve uma hereditariedade tão forte."

Segundo ele, tudo começou nas histórias orais que as pessoas do leste da Europa contavam e que se espalharam pelas grandes capitais do oeste europeu, como Londres e Paris. "Em seguida, tudo isso se cristalizou na literatura e tornou cults livros como 'Drakula', de Bram Stoker, de 1897, que fixou esse personagem no imaginário coletivo. Também se cristalizou no cinema, a partir de 1895, quando os vampiros começaram a aparecer nas telonas. Além disso, me interessei e quis mostrar as  transformações e mutações do vampiro em outras práticas artísticas", afirma.

Exposição Degas no Museu d’Orsay revela universo das bailarinas e bastidores da Ópera de Paris

Ana Karenina inspira peça em três línguas assinada pelo português Tiago Rodrigues

Como será o amor no futuro? Mostra 'Futures of Love' em Paris projeta era de corpos virtuais, distopia e sensualidade

Mostra em Paris oferece mergulho na street art de Banksy em quase 100 reproduções

Mostra na Fundação Cartier de Paris reflete sobre estética e ciência das árvores

Espetáculo audiovisual encena 3 mil anos de Lutécia, o alterego milenar de Paris

Festival de Verão flerta com o ilusionismo e a performance para revelar Paris encantada

Festivais de verão se multiplicam e se tornam "motor de convivialidade" na França

Sidival Fila: frei brasileiro baseado em Roma expõe arte abstrata em Paris e na Bienal de Veneza

Daniel Galera lança na França romance apocalíptico "Meia-noite e vinte"