rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Christine Lagarde Crescimento Crise Economia Emergentes FED FMI

Publicado em • Modificado em

FMI vai revisar para cima sua previsão do crescimento mundial

media
A chefe do FMI Christine Lagarde, à esquerda, durante sua passagem por Nairóbi. REUTERS/Stephen Jaffe

O Fundo Monetário Internacional (FMI) pretende revisar para cima suas previsões para o crescimento mundial. A declaração foi feita nessa terça-feira, 7 de janeiro, pela chefe da instituição, Christine Lagarde, que deve fazer o anúncio oficial ainda esse mês. Nenhum número exato foi divulgado por enquanto.


De passagem por Nairóbi, no Quênia, onde termina uma visita de três dias, a diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional anunciou que a instituição vai reavaliar suas previsões. “Nós vamos revisar para cima o crescimento da economia mundial”, declarou Christine Lagarde. No entanto, a francesa não deu detalhes sobre o índice dessa possível progressão, alegando que seria prematuro divulgar números por enquanto.

Em seu último relatório publicado em outubro, o FMI havia revisto para baixo suas previsões sobre a economia mundial, afirmando que o crescimento deveria “continuar avançando lentamente”. A instituição havia indicado uma progressão de 2,9% em 2013 e de 3,6% em 2014, o que representava, respectivamente, 0,3 e 0,2 pontos a menos que o anunciado em julho passado. 

O fundo também havia afirmado, em novembro, que as economias emergentes ainda representavam a maior parcela do crescimento mundial, mas que esses países eram os que registravam a maior taxa de desaceleração. Em contrapartida, as nações desenvolvidas, principalmente os Estados Unidos, apresentavam sinais claros de retomada.

Para explicar esse fenômeno, Lagarde lembrou nessa terça-feira que a mudança da política monetária do Federal Reserve, o Banco Central norte-americano, provocou uma redução de fluxos de capital para os emergentes. Por outro lado, os rendimentos a longo prazo nos Estados Unidos e outras economias mais sólidas aumentaram.