rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Grécia Rússia Crise financeira Energia Alexis Tsipras Vladimir Putin

Publicado em • Modificado em

Rússia estuda entrega direta de combustível à Grécia

media
Alexis Tsipras e Vladimir Putin fotografados no dia 8 de abril de 2015, durante encontro dos dois líderes, na Rússia. REUTERS/Alexander Zemlianichenko

A Rússia estuda fornecer diretamente combustível à Grécia para ajudar o país a reativar sua economia, declarou neste domingo (12) o ministro russo da Energia, Alexander Novak, citado pelas agências russas. Um dos temores relacionados com uma eventual saída da Grécia da zona do euro é que Atenas reforce as relações com Moscou, atualmente em conflito aberto com a União Europeia.


"A Rússia tem a intenção de apoiar a recuperação econômica da Grécia no setor energético. Estamos examinando a possibilidade de fornecer diretamente fontes de energia à Grécia", afirmou o ministro, segundo a agência estatal RIA Novosti.

O ministro declarou que espera chegar a um acordo com Atenas "dentro de algumas semanas", mas não informou que tipo de combustível prevê entregar à Grécia.

O primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, viajou à Rússia duas vezes em três meses para reuniões com o presidente Vladimir Putin.

A Rússia expressou em vários momentos seu apoio à Grécia. Os dois países assinaram em 19 de junho um princípio de acordo para prolongar na Grécia um gasoduto russo, avaliado em € 2 bilhões, essencialmente financiados por Moscou.

(Com informações da AFP)