rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Mercado Ações

Publicado em • Modificado em

AB InBev busca expansão na China e África com compra de SABMiller

media
AB Inbev acerta compra de cervejaria britânica SABMiller. REUTERS/Yves Herman/Files

O Conselho de Administração da cervejaria britânica SABMiller aceitou nesta sexta-feira (29), a proposta de compra por parte da gigante AB InBev, de capital belga e brasileiro, que se anuncia como uma das maiores fusões/aquisições da história.


O Conselho de Administração da SABMiller indicou em um comunicado que "prevê por unanimidade" recomendar aos seus acionistas que aceitem a transação, que confere à SABMiller um valor de mercado de £79 bilhões (R$340 bilhões).

Na terça-feira (26), a AB InBev havia aumentado a oferta por sua rival, compensando parcialmente a desvalorização da libra esterlina provocada pelo Brexit. A nova oferta apresentada foi de £45, uma libra a mais que na proposta anterior, por cada ação da SABMiller.

A AB InBev, a maior cervejaria do mundo, comemorou a decisão de sua até então principal rival e expressou sua vontade de concluir "o quanto antes" a operação. Vários acionistas da SABMiller eram contra o acordo, menos interessante em razão das perturbações no mercado.

Aprovação do Brexit teve impacto nas negociações

Desde a primeira aproximação, "muitos fatores afetaram o valor da proposta, sobretudo o impacto do voto a favor do Brexit sobre a libra esterlina", admitiu o presidente da SABMiller, Jan du Plessis, citado no comunicado. "Isso dificultou a decisão do Conselho Administrativo, e acreditamos que a oferta final de £45 por ação se situa dentro do limite que consideramos aceitável", acrescentou.

A empresa busca, com esta aquisição, expandir seus mercados na África e na China. A cervejaria belga e brasileira, que comercializa, entre outras, as marcas Budweiser e Stella Artois, pouco antes do anúncio comunicou lucros em alta no segundo trimestre, embora com resultados decepcionantes no Brasil, às vésperas dos Jogos Olímpicos do Rio.
 

(com informações da AFP)