rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
RFI CONVIDA
rss itunes

Opinião: Analistas e imprensa europeia têm visão “deformada” do “mito Lula”

Por Lúcia Müzell

Com a experiência de quem trocou a França pelo Brasil há mais de 30 anos, o economista francês Jean-Yves Carfantan vivenciou o auge do crescimento brasileiro e agora acompanha de perto, em São Paulo, o turbilhão político e econômico pelo qual o país passa desde 2013. Mas, ao contrário da maioria dos seus compatriotas, o especialista em agronegócios e diretor da consultoria AgrobrasConsult viu com bons olhos a condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, promulgada na semana passada pela 4ª região do Tribunal Regional Federal.

Carfantan avalia que muitos especialistas franceses e europeus, além de uma parcela da imprensa, continuam a alimentar “o mito” em torno do petista e ignoram os procedimentos judiciais existentes no Brasil. “Eu acho que eles são deformados pela ideologia e têm uma visão muito politizada das coisas. O que está acontecendo hoje no Brasil é muito doloroso para esses intelectuais porque isso significa o fim de um sonho e de uma visão romântica da esquerda latino-americana e dos governos do Lula – que foi até chamado pelo jornal Le Monde de ‘o pai dos pobres’”, pondera o economista, em entrevista ao programa RFI Convida.

Na opinião de Carfantan, essa visão ideológica, em especial dos franceses, sobre o que acontece no Brasil vem da época em que intelectuais brasileiros procuraram exílio político na França, durante a ditadura militar. Desde então, teceu-se uma relação muito próxima entre a esquerda francesa e esses brasileiros – dentre os quais, vários se tornaram fundadores do Partido dos Trabalhadores (PT), após a redemocratização.

“A visão é muito baseada em mitos. Por exemplo, quando se fala que o Lula promoveu um governo de redistribuição de renda e tirou um monte de gente da pobreza, é muito exagerado e muito longe da realidade”, constata o economista.

Condenação de Lula foi "passo importante rumo à maturidade", diz economista

O franco-brasileiro reconhece os avanços dos governos petistas nessa área, mas entende que eles foram muito limitados. “O que essa coalizão fez, durante quase 14 anos, a não ser tirar proveito da onda de cotações internacionais de commodities para aumentar as despesas públicas, sem resolver os problemas fundamentais do país de competitividade e desigualdade de renda – que, inclusive, era incentivada pelas políticas públicas de aposentadorias? Nenhuma reforma fundamental foi feita”, afirma o consultor.

Ele chama a atenção para o descontrole econômico que criou as condições para a maior recessão em décadas, e para a degradação do ensino fundamental no país, considerado “a chave para o país entrar no século 21 e poder crescer”. “A questão da educação tem de ser enfrentada como um investimento prioritário.”

Diante das acusações de corrupção que o ex-presidente enfrenta, Carfantan analisa que a condenação de Lula a mais de 12 de prisão pelo caso do apartamento no Guarujá significa “um grande passo rumo à maturidade” do Brasil. Para ele, houve “uma revolução” na magistratura nos últimos 20 anos. “Essa geração considera que a lei é a mesma para todos e começou a atuar no auge da corrupção instalada pelo PT.”

Para ouvir a entrevista completa, clique na foto acima.

"Vitimização de Lula é estratégia do PT para angariar votos", diz cientista político

Sergio Amadeu: combate à desinformação na rede é importante mas não pode virar censura

“Nosso trabalho é mais valorizado fora do Brasil”, diz Sandra Veloso, do Balé Folclórico de Fortaleza

Ilustradora Suppa e Miguel Falabella criam canal no Youtube para crianças de todas as idades

A carne é um objeto de sedução e excitação, diz Júlio Bressane em Locarno

Calixto Neto dança a “ira” para reinventar “corpos minoritários” no Festival Camping, em Paris

"Rever acordos de paz com as FARC é um risco para novo presidente da Colômbia”, diz historiador

Em Arles, Thyago Nogueira, do IMS, divulga fotografia brasileira contemporânea

Cineasta franco-suíço apresenta filme sobre a busca por entrevista com João Gilberto

Documentário brasileiro “Zaatari” revela força e poesia de refugiados sírios na Jordânia

Crise ameaça renovação da classe científica brasileira, diz Marcelo Viana, organizador do Congresso Internacional de Matemáticos

Revista acadêmica francesa lança número especial sobre crise política no Brasil

"Existe um índio dentro de cada brasileiro", diz Ernesto Neto, em cartaz com a escultura monumental GaiaMotherTree na Suíça

Turistas brasileiros cada vez mais interessados em história da arte em Paris

“Riqueza infinita”: apresentador Gilles Bourgarel promove música brasileira há 14 anos na Françar

“Discussão sobre identidade de gênero no teatro é uma tendência mundial”, diz professora da USP que acompanha o Festival de Avignon

Cineasta Lúcia Verissimo defende a importância da preservação da memória de um país