rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Barcelona Futebol Liga dos campeões UEFA Real Madrid

Publicado em • Modificado em

Jornais espanhois destacam reação do Real Madrid

media
Sergio Ramos lamenta ao final do jogo entre Real Madrid e Borussia Dortmund REUTERS/Ina Fassbender

A "épica recuperação" do Real Madrid contra o Borussia Dortmund na noite desta terça-feira tomou as páginas da imprensa espanhola. "O milagre" da classificação não acontceu, observa matéria do As, mas o Real esteve "a um dedo" de conquistar a vaga na final da Liga dos Campeões.


Por "dedo", leia-se gol. Depois de perder por 4 a 1 na Alemanha, o clube merengue conseguiu marcar dois em casa, embalado pela torcida. "Um adeus grandioso", escreveu o diretor do jornal, Alfredo Relano.

Para El País, "um capítulo de epopeia não bastaria" para descrever o jogo. O jornal agradeceu a Sergio "Titã" Ramos e ao sangue frio de Benzema, autores dos gols madrilenhos, por "acariciar o sonho". "Os merengues ficaram a um gol de Wembley (onde será disputada a final)", em um fim de jogo "heroico", constatou El Mundo.

À parte os elogios, todos os veículos comentaram as declarações do técnico José Mourinho, que abriu a porta de saída do Real Madrid. "Mourinho volta a atrair as atenções para si próprio, em tom de adeus", analisa El Mundo, lembrando que o português já havia avisado que "conversaria ao final da temporada" sobre seu futuro. "Pode ser que ele não esteja aqui na próxima Liga dos Campeões', concluiu.

"Mourinho começa a partir", de acordo com o Marca. O cotidiano catalão Mundo Deportivo escreve que ele dá a entender que está de saída. "Valeu a pena estar aqui. Mesmo se tivesse passado um único dia aqui, teria valido a pena", declarou o futuro ex-técnico madrilenho depois do jogo.

Missão Impossível 2
Se na terça-feira, o primeiro milagre não se concretizou, nesta quarta, há uma segunda chance. Depois de perder de 4 a 0 para o Bayern em Munique, o Barcelona entra no Camp Nou com a difícil missão de marcar cinco vezes contra os alemães. Depois de uma semana de vastas campanhas publicitárias, que conclamavam os torcedores a acreditar no mote "si, es possible", a equipe catalã deposita todas as fichas no melhor do mundo Lionel Messi.

Mas, é verdade que o craque argentino se recupera de contusão. E não é o único: a defesa está tão avariada, que o clube foi obrigado a subir às pressas um zagueiro do time B. Ou seja: o Barça vai ter que segurar a bola no ataque no jogo desta noite.