rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Fórmula 1 Rússia Sochi Vladimir Putin Marussia Grande Prêmio

Publicado em • Modificado em

Hamilton conquista GP da Rússia; Massa fica em 11°

media
Nico Rosberg, Lewis Hamilton e Valtteri Bottas no pódio do Grande Prêmio de F1 de Sochi, neste domingo (12). Reuters

O primeiro Grande Prêmio de Fórmula 1 a ser realizado na Rússia terminou com uma dobradinha da Mercedes. O britânico Lewis Hamilton venceu a corrida em Sochi neste domingo (12) e ampliou sua vantagem sobre o companheiro de equipe, Nico Rosberg, o segundo a cruzar a linha de chegada. Com a dobradinha, a Mercedes conquistou por antecipação o título Mundial de Construtores.


O britânico, Lewis Hamilton, largou na pole e conservou a liderança quase o tempo todo da corrida. Hamilton só foi ameaçado por Nico Rosberg na primeira volta. O piloto alemão tentou uma ultrapassagem, cometeu um erro e teve que parar nos boxes para trocar de pneus. “Cometi um erro! Freei forte e tarde demais”, reconheceu Rosberg que, no entanto, conseguiu recuperar posições e terminar em segundo lugar. “Mas estou feliz pela escuderia”, completou.

Com a vitória em Sochi, Lewis Hamilton tem agora 291 pontos, 17 a mais do que Rosberg. O pódio foi completado pelo finlandês Valtteri Bottas, da Williams. O brasileiro Felipe Massa, também da Williams, cruzou a linha de chegada em 11° lugar. O primeiro Grande Prêmio de F1 da Rússia contou com a presença do presidente Vladimir Putin que entregou os troféus aos vencedores.

Homenagem

Antes do início da corrida neste domingo, em Sochi, os pilotos fizeram um minuto de silêncio em homenagem a Jules Bianchi. O jovem piloto francês, que sofreu um grave acidente no último domingo no Grande Prêmio do Japão, continua internado em estado crítico. A equipe de Bianchi, a Marussia, preferiu manter o carro do francês na garagem e disputou o GP deste domingo com apenas um piloto, o inglês Max Chilton, que abandonou a corrida na 10ª volta.

Faltam três provas para o fim da temporada de F1. Daqui a três semanas, acontece o GP de Austin, nos Estados Unidos, seguido pelo GP de São Paulo, no dia 9 de novembro. A última corrida acontece em Abu Dhabi, no dia 23 de novembro.