rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Futebol Arsenal FC Barcelona Aposentadoria Futebol francês Jogador

Publicado em • Modificado em

Thierry Henry deixa o futebol para se tornar consultor do canal Sky Sports

media
O atacante francês Thierry Henry. Reuters

A notícia já era esperada, mas agora é oficial. O francês Thierry Henry pendura as chuteiras aos 37 anos, depois de 20 anos de carreira no futebol. Ex-jogador do Arsenal e do Barcelona, além de campeão do mundo contra o Brasil, em 1998, Henry anunciou sua aposentadoria nesta terça-feira (16). Ele vai trabalhar agora como consultor para o canal de TV britânico Sky Sports.


Thierry Henry começou no Mônaco, teve uma rápida passagem pela Juventus de Turim − único momento de baixa de sua carreira −, depois vieram o Arsenal e o Barcelona.

Maior artilheiro da história do clube inglês, onde jogou de 1999 a 2007, Henry é considerado um "monumento" do futebol. Só no Arsenal, o craque marcou 228 gols em 377 partidas disputadas com a camisa dos "Gunners". Vindo de uma temporada fraca na Juventus, o atacante se adaptou bem ao estilo de jogo do futebol inglês, parecido com o dele, de rápidos contra-ataques e conclusões no fundo da rede.

A curta temporada no Barcelona (2007-2010) também foi coroada de sucessos: 49 gols e 26 passes decisivos, em 121 partidas. Com o clube catalão, ele conquistou a Liga dos campeões (2009), um Mundial de Clubes, uma Copa do Rei, uma Supercopa da Europa e outra da Espanha. Sem contar as 123 apresentações com a camisa da seleção francesa, com a qual ele conquistou a Copa do Mundo de 1998, para tristeza do Brasil, a Euro 2000 e a Copa das Confederações de 2003. É também o maior artilheiro da história da seleção nacional.

O técnico do Arsenal, Arsene Wenger, disse ter certeza que, algum dia, Henry voltará ao clube inglês. "Ele tem o time tatuado no corpo", lembrou Wenger. "Aqui ele viveu os melhores momentos de sua vida e de sua carreira. Com certeza ele voltará a Londres", acrescentou. O técnico não errou, já que Henry anunciou que vai ser consultor do canal de TV Sky Sports.

O último clube do francês foi o New York Red Bulls. Henry deixa os gramados sem ter conseguido conquistar a taça do campeonato americano (MLS). Mas para quem ingressou no clube aos 33 anos, Henry cumpriu seu contrato: em 122 partidas nos Estados Unidos, o atacante colecionou mais 51 gols.

Como se diz em francês, "Bravo!".