rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Copa do mundo Futebol feminino Marta Bola de Ouro Canadá

Publicado em • Modificado em

Brasil estreia no Mundial e Marta pode ter última chance de ser campeã

media
Marta, no centro , é a capitã da seleção brasileira feminina que estreia na competição, na terça-feira, contra a Coreia do Sul, às 19 horas (20 horas de Brasília), no Estádio Olímpico de Montreal. @cbf_futebol

A seleção brasileira estreia nesta terça-feira (9) na Copa do Mundo de Futebol feminino do Canadá. No estádio olímpico de Montreal, a equipe encara a Coreia do Sul, primeiro desafio rumo ao título inédito. A competição pode ser a última oportunidade para Marta levantar o cobiçado troféu que deixou escapar por várias vezes.


Em 2007, no Mundial disputado na China, o Brasil perdeu a final para a Alemanha por 2 a0, e em 1999, ficou em terceiro no mundial dos Estados Unidos. Foram os melhores resultados da equipe.

A competição no Canadá tem uma importância especial para a meia Marta. Com 29 anos e cinco Bolas de Ouro da Fifa como melhora jogador do mundo no currículo, a brasileira pode não estar em plena forma para a próxima edição do torneio, a Copa da França, em 2019. E, depois da conquista da sexta Copa América no ano passado, menos do que o título é pouco para Marta, que vai também ter a responsabilidade de comandar a equipe como capitã.

"As expectativas são muito grandes. As pessoas esperam muito do nosso trabalho. Agora, sou a capitã, mas a responsabilidade é a mesma. Vou tentar representar a todo meu país e, como grupo, buscar os melhores resultados", garante Marta, que apareceu na coletiva de imprensa desta segunda-feira (8) ao lado do técnico Vadão.

Mas para chegar a disputar o troféu no dia 5 de julho, em Vancouver, o Brasil tem ainda um longo percurso pela frente. No grupo E, além da Coreia do Sul, a seleção brasileira também vai enfrentar a Espanha e a Costa Rica.

Marta é a maior artilheira da história das Copas com 14 gols, empatada com a alemã Birgit Prinz, já aposentada dos gramados. Se fizer mais um gol durante a competição, Marta assumirá sozinha o prestigioso recorde.