rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Rali Dakar Chuvas Argentina Bolívia Acidente

Publicado em • Modificado em

Após atropelamento, chuvas cancelam primeira especial do Dakar

media
A 38ª edição do Rali Dakar vai até o dia 16 de janeiro de 2016. REUTERS/Enrique Marcarian

A primeira etapa do rali Dakar 2016 - uma prova especial entre Rosario e Villa Carlos Paz, na Argentina - foi cancelada neste domingo (3) por causa das chuvas fortes e trovoadas que atingem a região. Ontem, o prólogo da corrida, que deveria definir a classificação de largada, foi interrompido após um acidente que deixou 10 espectadores feridos, três deles em estado grave.


O helicóptero que transportava o diretor da prova, Etienne Lavigne, para o local da largada foi atingido pela tempestade. O piloto do aparelho fez um pouso improvisado a 60 km do local inicialmente previsto.

O jornal argentino La Nación chegou a afirmar que a prova havia começado, com mudanças no traçado original previsto para evitar as ↑reas alagadas do circuito. Porém, minutos depois a organização do rali preferiu cancelar a etapa inicial pelas péssimas condições do terreno. 

Os pilotos do Dakar 2016 ainda estão marcados pelo atropelamento de 10 espectadores, ontem, durante a etapa de abertura do rali. Um menino de 10 anos e seu pai, de 34 anos, estão em estado grave, após o acidente provocado pelo carro pilotado pela chinesa Guo Meiling. Segundo Lavigne, o estado de saúde do terceiro espectador atingido em cheio pelo veículo se agravou durante a madrugada, levando os médicos a evocar um prognóstico de vida comprometido. A concorrente chinesa perdeu controle do veículo após uma curva, no início de uma longa reta.

A 38ª edição do Dakar vai percorrer 9.300 km entre Buenos Aires e a chegada prevista em Rosario, passando pelas planícies argentinas, encostas da Cordilheira dos Andes e paisagens turísticas na Bolívia.

Dos cerca de 350 veículos que participam da competição, cinco são brasileiros, com quatro carros, um quadriciclo e a moto do experiente Jean Azevedo. O brasileiro tricampeão do Rali dos Sertões, Youssef Haddad, foi eleito o melhor estreante do Dakar em 2009.