rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Rio de Janeiro Rio 2016 Usain Bolt Atletismo Jamaica

Publicado em • Modificado em

Usain Bolt leva terceiro ouro com revezamento e vira mito

media
Usain Bolt posa para fotos ao receber sua terceira medalha de ouro na Rio 2016. REUTERS/Phil Noble

Fenômeno nas pistas, o jamaicano Usain Bolt escreveu de maneira definitiva seu nome na história do atletismo e dos Jogos Olímpicos. Depois do ouro nos 100m e 200m, o corredor mais rápido do mundo encerrou sua carreira olímpica como o tricampeão do revezamento 4x100 com seus compatriotas da Jamaica.


O Estádio Olímpico do Rio de Janeiro foi o palco da despedida triunfal de Usain Bolt das pistas olímpicas. Ele já havia confirmado antes mesmo de competir que esta seria sua última aparição nos Jogos.

E, como previsto e sem surpresas, encerrou com chave de ouro a corrida do revezamento 4x100m ao acelerar na reta final e deixar mais uma vez seus adversários disputando os outros degraus do pódio.

Com as arquibancadas em delírio, a equipe jamaicana destacou Asafa Powel para dar início ao percurso. Yohan Blake deu sequência até Nickel Ashmeade entregar o bastão ao fenômeno do atletismo. A velocidade e o estilo inconfundível de Bolt garantiram à Jamaica seu terceiro título olímpico consecutivo com o tempo de 37s27. A equipe japonesa chegou em segundo e o Canadá em terceiro.

Equipe de revezamento da Jamaica, que faturou o ouro dos Jogos no Rio de Janeiro. Da esquerda para à direita: Yohan Blake, Nickel Ashmeade, Asafa Powell e Usain Bolt. REUTERS/Kai Pfaffenbach

Danças, desfile com bandeiras e sorrisos marcaram a despedida perfeita de um atleta que se aposenta das pistas do maior evento esportivo do planeta no auge da carreira e da fama.