rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Nico Rosberg Fórmula 1

Publicado em • Modificado em

Nico Rosberg anuncia aposentadoria da F1 cinco dias após título mundial

media
Nico Rosberg anuncia sua aposentadoria em coletiva de imprensa, nesta sexta-feira (2). Reuters/Leonhard Foeger

O campeão do mundo de Fórmula 1, Nico Rosberg, decidiu encerrar a carreira e abandonar o automobilismo, anunciou nesta sexta-feira (2), apenas cinco dias depois de conquistar o título mundial.


Em Suzuka, quando o título se aproximava, "comecei a pensar na ideia de abandonar a carreira no automobilismo", escreveu o alemão, de 31 anos, em sua página do Facebook. "No domingo pela manhã, em Abu Dhabi, sabia que poderia ser minha última corrida (...) Na segunda-feira à noite tomei a decisão definitiva de dar esse passo", prosseguiu o piloto, que divulgou sua decisão em Viena, antes da cerimônia de premiação da Federação Internacional de Automobilismo (FIA).

Rosberg se converte, assim, no primeiro campeão mundial a se aposentar depois do título desde o francês Alain Prost, em 1993. "Estou no topo, a ascensão foi muito dura, então sinto que é um bom momento", explicou Rosberg, de 31 anos. O anúncio, em coletiva de imprensa, foi feito antes da cerimônia de entrega dos prêmios da FIA, diante de jornalistas surpresos, já que não havia ocorrido nenhum vazamento da informação.

"É uma decisão corajosa que demonstra a força do caráter de Rosberg", reagiu o chefe da Mercedes, Toto Wolff, em um comunicado divulgado pela escuderia tricampeã do mundo. Ele foi informado da decisão de Rosberg na segunda-feira (28), pouco depois de o piloto contar a notícia para sua esposa.

Carreira tem 206 corridas na F1 e 23 vitórias

Rosberg disputou 206 Grandes Prêmios de F1 desde sua estreia no Bahrein, em 2006, e venceu 23 deles (9 nesta temporada), além de conquistar 30 poles (oito delas em 2016) e 20 melhores voltas em corridas. O alemão se uniu no domingo na lista de campeões da Fórmula 1 ao seu pai Keke, que venceu em 1982 com a Williams.

A Mercedes tentará agora encontrar um substituto para Rosberg. O alemão Pascal Wehrlein, 22 anos, que fez sua primeira temporada da Fórmula 1 com a Manor, é uma das possibilidades, mas não é descartada outra surpresa ao término da temporada mais longa (21 grandes prêmios) e mais dura da história da Fórmula 1 desde 1950.