rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Esporte Idosos Atletismo

Publicado em • Modificado em

Atleta de 101 anos leva medalha de ouro nos 100 metros do World Masters Game

media
A indiana Man Kaur começou o atletismo com mais de 90 anos de idade Reprodução Vídeo

 A indiana Man Kaur, de 101 anos, conquistou nesta segunda-feira (24) a medalha de ouro na corrida de 100 m dos World Masters Game, que acontece em Auckland, na Nova Zelândia. Ela era a única concorrente da categoria dos atletas com mais de 100 anos de idade.


 Com uma bandeira na cabeça e a medalha pendurada no pescoço, Man Kaur comemorou a vitória na prova. A indiana, que conquistou o 17º ouro de sua carreira, precisava apenas cruzar a linha de chegada para garantir o primeiro lugar, já que era a única centenária na disputa dos 100 m. Ela completou a distância em 74 segundos (o recordista mundial, o jamaicano Usain Bolt, realiza a mesma prova em menos de 10 segundos)

Para Kaur, que está sendo chamada pela imprensa neozelandesa de "milagre de Chandigarh", nome da metrópole do norte da Índia onde nasceu, o mais importante não era o tempo, e sim a participação. "Estou muito feliz. Vou correr de novo, não vou parar", disse a atleta.

Nunca é tarde para começar

Kaur, que estreou no atletismo há oito anos, quando tinha 93, não tinha nenhuma experiência esportiva quando seu filho Gurdev Singh sugeriu a participação no World Masters Games, um evento conhecido por receber atletas idosos. Após a autorização dos médicos, a indiana foi acompanhada pelo filho em várias competições do gênero em todo o mundo.

Quase 25 mil competidores participam no World Masters Games na Nova Zelândia. A competição esportiva, que acontece a cada quatro anos em Auckland, acolhe ex-atletas profissionais, mas também amadores.