rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Futebol Fifa

Publicado em • Modificado em

Após “gol fantasma” de Messi, Zidane aprova vídeo-arbitragem

media
Zidane: "vídeo-arbitragem, inevitável". REUTERS/Yiannis Kourtoglou

O técnico francês Zinedine Zidane disse nesta segunda-feira (27) que a vídeo-arbitragem é inevitável, mas que ainda pode restar certa espontaneidade no futebol.

 


Na entrevista coletiva que precede o jogo de volta do Real Madrid contra o Fuenlabrada na Copa do Rei, Zidane disse que "ao final, já estamos nesse caminho. Acho que teremos menos polêmicas, porque esse é o objetivo. O único objetivo é esse: menos polêmica. Por outro lado, (a vídeo-arbitragem) vai tirar um pouco da espontaneidade que nós gostamos tanto".

“Gol fantasma”

As declarações do técnico merengue foram feitas após a polêmica iniciada por um gol de Lionel Messi, que não foi validado pela arbitragem no jogo entre o Barcelona e o Valência no último domingo.

O argentino chutou, o goleiro brasileiro Neto falhou, tirando a bola depois que ela já havia atravessado a linha. O trio de arbitragem, no entanto, considerou a defesa válida.

O "gol fantasma" reabriu o debate sobre a tecnologia na arbitragem. Diferentemente de outras grandes ligas europeias, o Campeonato Espanhol ainda não utiliza o recurso, só pretendendo introduzir a vídeo-arbitragem na próxima temporada.

"Está previsto. É a tecnologia que muda. Vai ser um sistema para melhorar o futebol", concluiu Zidane.

(Com agência AFP)