rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

PSG Futebol francês Kylian Mbappé

Publicado em • Modificado em

Com ajuda da arbitragem de vídeo, PSG vence Mônaco e conquista Copa da Liga

media
Jogadores do PSG celebram vitória de 3 a 0 sobre o Mônaco na final da Copa da Liga. 31/04/18. Foto: Reuters

Além de contar com o talento de seus jogadores e a precisão dos atacantes, o PSG também foi favorecido pela arbitragem de vídeo, determinante na vitória de 3 a 0 sobre o Mônaco na final da Copa da Liga francesa de futebol na noite deste sábado (31) no estádio Matmut Atlantique de Bordeaux. Cavani, duas vezes, e Di María marcaram os gols da equipe parisiense, que garantiu o quinto troféu consecutivo da competição.


Enviado especial a Bordeaux,

A partida não apenas colocou frente a frente as duas melhores equipes do campeonato francês. Foi também uma reedição da final da competição passada, vencida facilmente pelo time parisiense por 4 a 1. Para o PSG, uma vitória confirmaria o domínio evidente no futebol francês e ainda contribuiria para uma relativizar a imensa decepção com a eliminação da Liga dos Campeoes da Europa para o Real Madrid.

O jogo também foi visto como o último grande desafio do treinador espanhol Unai Emery antes de deixar o comando da equipe ao final de seu contrato, em junho. Para o time do Principado, a final foi vista como a única possibilidade de não passar a temporada em branco, já que dificilmente manterá o título de campeão francês.

O PSG começou bem o jogo e logo ao cinco minutos veio a primeira polêmica da partida. O juiz sinalizou um pênalti em Mbappé, mas o bandeirinha havia apontado um impedimento de Rabiot na jogada. Na primeira intervenção da arbitragem de vídeo, que fez sua estreia na competição, o pênalti foi confirmado. O uruguaio Cavani bateu forte e abriu o placar.

A vantagem trouxe tranquilidade ao time da capital, mas o Mônaco não tinha outra alternativa senão ir ao ataque e chegou pela primeira vez com perigo aos 12 minutos com um chute de fora da área de Tielemans, mas para cima do gol de Trapp.

Aos 20 minutos, num contra-ataque relâmpago, Kylian Mbappé acelerou e fez um longo passe para Di María. O argentino superou o goleiro Subasic, ampliando o placar.

Aos 36 minutos, Falcão diminuiu ao ganhar o duelo de cabeça com a defesa parisiense. Os jogadores do PSG já estavam preparados para reiniciar o jogo no meio de campo quando a arbitragem de vídeo foi novamente consultada. Um impedimento do atacante colombiano foi assinalado e o gol anulado, frustrando uma reação esperada da torcida branca e vermelha nas arquibancadas.

Apesar de ter arriscado mais em chutes a gols (8 -6), o Mônaco foi para os vestiários no primeiro tempo em desvantagem e precisando reagir.

Mbappé, o melhor em campo

O time monegasco voltou para o segundo tempo mais combativo, mas poucas vezes ameaçou de fato o gol parisiense.  O PSG teve ainda muitas outras chances de ampliar o marcador, especialmente com Mbappé, que perdeu vários duelos para Subasic, seja pela defesa do goleiro ou chutes para fora do gol.

O prodígio francês, no entanto, brilhou com nova assistência, desta vez com bela tabela com Cavani. De dentro da área o uruguaio chutou rasteiro no canto e decretou a vitória do time pariense aos 40 minutos.  Foi o 35° gols do camisa 9 na temporada e seu segundo na Copa da Liga. Apesar dos dois gols de Cavani na final, o francês Mbappé foi escolhido o melhor jogador em campo.

O atacante Mbappé foi escolhido melhor jogador da final da Copa da Liga vencida pelo PSG. Foto: Reuters

Com a nova conquista, o PSG ergue seu oitavo troféu de Campeão da Copa da Liga francesa. Nesta temporada, o time parisiense disputa ainda os títulos do campeonato francês, no qual é líder absoluto, e da Copa da França.