rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Futebol Paris Saint-Germain (PSG) Mônaco Neymar Kylian Mbappé

Publicado em • Modificado em

PSG comemora título de campeão francês com vitória, homenagem à Notre-Dame e volta de Neymar

media
Jogadores do PSG comemoraram terceiro gol na partida contra o Mônaco, marcado por Mbappé. REUTERS/Gonzalo Fuentes

Já com o título confirmado antes mesmo de entrar em campo, o PSG celebrou o oitavo título no campeonato francês com uma vitória de 3 a 1 sobre o Mônaco neste domingo (21) no Parque dos Príncipes. O jogo marcou a volta de Neymar a campo depois da lesão, mas quem brilhou foi o atacante Kylian Mbappé. O clube também aproveitou para fazer homenagens ao lembrar do incêndio que destruiu parte da Catedral de Notre-Dame.


O estádio só não ficou totalmente lotado porque uma das arquibancadas exibia uma imensa faixa com o desenho da Catedral onde se lia o lema da cidade de Paris, Fluctuat Nec Mergitur (Atingido pelas ondas, mas não afunda, em latim).

Um vídeo com depoimentos de jogadores e imagens da igreja atingida pelo fogo foi exibido nos telões e, antes do jogo, o clube pediu aos torcedores aplausos para os bombeiros que atuaram no combate ao fogo. Três deles, acompanhados de crianças, deram o pontapé simbólico da partida.

As homenagens do clube parisiense também foram feitas nas camisetas. A palavra Notre-Dame substituiu os nomes dos jogadores.

Show de Mbappé

Depois de três tentativas frustradas de garantir o título, após empate em casa contra o Strasbourg (2-2) e duas derrotas, para Lille (5-1) e Nantes (3-2), o oitavo título do clube no campeonato francês veio de bandeja com o empate sem gols entre o vice, Lille, contra o Toulouse, horas antes do jogo em Paris.

Com Neymar no banco, marcando sua volta depois de quase três meses tratando da lesão no pé, o PSG entrou em campo pressionado em oferecer aos torcedores uma bela vitória para apagar as últimas apresentações decepcionantes, em uma temporada marcada pela frustrada eliminação precoce nas oitavas de finais da Liga dos Campeões.       

O Mônaco, que ainda luta para se distanciar da zona de rebaixamento, começou melhor e assustou a meta de Areola. No entanto, foi o PSG que abriu o marcador em um contra-ataque relâmpago, aos 15 minutos. Lançado por Mbappé, Diaby acelerou pela esquerda e cruzou para o prodígio francês. Mbappé foi mais rápido que os zagueiros na corrida e tocou na saída do goleiro monegasco Benaglio, que havia entrado em campo momentos antes em substituição a Subasic, lesionado.

Foi o início do show do camisa 7. Aos 38, Mbappé completou uma bela jogada de ataque e ampliou o marcador, antes do intervalo.     

O atacante francês Mbappé comemora o primeiro gol do PSG contra o Mônaco. REUTERS/Gonzalo Fuentes

Na volta do segundo tempo, Neymar entrou em campo no lugar do lateral  Kurzawa e foi acolhido carinhosamente pelos torcedores. O atacante brasileiro ficou quase três meses afastado dos gramados para tratar de uma segunda lesão no pé direito, durante o jogo no dia 28 de janeiro contra o Strasbourg.

O camisa 10 se movimentou bastante, participou de muitas ações de ataque, mas a noite era mesmo de Mbappé. O atacante voltou a marcar aos 11 minutos, aproveitando o cruzamento de Dani Alves. Aos 20 anos, Mbappé já marcou 30 gols pelo campeonato francês nesta temporada.

O ataque parisiense ficou ainda mais ofensivo com a entrada do uruguaio Cavani no lugar de Paredes. O atacante também voltou de lesão e foi também muito aplaudido pela torcida. O trio Neymar-Mbappé-e Cavani não atuava junto desde o dia 18 de janeiro.

Neymar disputa a bola com o zagueiro do Mônaco em sua volta aos gramados de pois de quase três meses. REUTERS/Gonzalo Fuentes

As voltas de Neymar e do uruguaio, que chegou a marcar mas teve seu gol anulado, marcou a disposição do treinador alemão Thomas Tuchel de dar ritmo aos titulares do ataque com vista à final do Copa da França marcada para o próximo sábado (27). O PSG vai buscar manter seu título na disputa contra o Rennes e garantir o terceiro troféu da temporada.      

Apesar do domínio claro da partida, PSG foi surpreendido pelo Mônaco. Após falha da defesa, aos 40 minutos o russo Golovin descontou de dentro da área. Com o resultado, o PSG chegou a 84 pontos, e tem uma vantagem de 19 pontos sobre o segundo colocado, o Lille. Ainda faltam cinco rodadas para o término do campeonato francês.