rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Neymar Futebol Paris Saint-Germain (PSG)

Publicado em • Modificado em

Neymar treina com PSG, mas separado do resto time

media
Neymar estariam treinando separado em razão de sua "fase de recuperação" REUTERS/Stephane Mahe

O jogador brasileiro Neymar, cuja saída do Paris Saint-Germain agita o mundo do futebol, treinou separadamente nesta quarta-feira (14). Segundo o clube, o dispositivo foi implementado em razão do programa de recuperação do craque, e não por razões relacionadas a sua transferência.


Depois de descansar no sul de Portugal, com direito a participação no Festival de Frutos do Mar no Sul do país, onde subiu no palco ao lado da cantora brasileira Paula Fernandes, o craque volta à ativa no PSG. No entanto, mesmo se participou de duas sessões de treinos no campo, ficou longe dos demais jogadores. Segundo a versão do time, o objetivo era se recuperar de sua contusão no tornozelo que o afastou das competições durante dois meses.

O técnico do clube francês, o alemão Thomas Tuchel, havia citado no sábado (10) um programa individualizado que vem sendo seguido pelo jogador. Cada gesto de Neymar vem sendo muito investigado desde que começou a protagonizar a principal novela do mercado de transferências deste verão europeu.

Barça e Real Madrid estariam travando um duelo pelo craque

O Paris Saint-Germain admitiu a vontade do atacante de ir embora e negocia para encontrar uma saída que esteja de acordo com o valor do jogador mais caro da história, comprado em 2017 por € 222 milhões. Segundo a imprensa, Barça e Real Madri estariam travando um novo duelo nos bastidores para contratar o brasileiro.

O diretor esportivo do PSG, Leonardo, que está à frente do caso, anunciou no sábado que Neymar não seria escalado para a estreia na Ligue 1 (1ª divisão do Campeonato Francês) contra o Nîmes (3-0) no último domingo.

A hostilidade dos torcedores parisienses no Parque dos Príncipes durante a partida deu razão à decisão do diretor brasileiro. Insultos e cartazes contra Neymar deixaram claro que há um divórcio entre o jogador e os torcedores.

(Com informações da AFP)