rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Aeronáutica Aeroporto Alemanha Greve Negociação Tráfego aéreo

Publicado em • Modificado em

Controladores de voo do aeroporto de Frankfurt entram em greve

media
Greve no aeroporto de Frankfurt ameaça mais de mil voos numa das pistas mais movimentadas da Europa. REUTERS/Alex Domanski

Os controladores aéreos do aeroporto de Frankfurt, o maior da Alemanha e terceiro maior da Europa, entram em greve por dois dias a partir de hoje. Nesta quinta-feira, eles vão cruzar os braços das 15h às 21h no horário local. Amanhã, a paralisação vai das 8h às 21h. Os controladores de voo alemães fazem greve por aumento de salários.


A Fraport, empresa que administra o aeroporto de Frankfurt, informou que pretende garantir 50% do tráfego aéreo nos dois dias de greve. Segundo um porta-voz do grupo, outros assalariados foram treinados para substituir os grevistas e controladores aposentados também aceitaram retomar o trabalho temporariamente. O porta-voz prevê, assim mesmo, anulações de voos e atrasos.

O aeroporto de Frankfurt registra diariamente 1.300 pousos e decolagens. A companhia alemã Lufthansa e sua filial de baixo custo Air Berlim, que centralizam todas as atividades nesse aeroporto, trabalham com uma programação de cem voos anulados nesta quinta-feira, o que representa um terço do movimento previsto no dia.

Os passageiros em circulação na Alemanha vão poder contar com um reforço do tráfego ferroviário durante a paralisação. A companhia ferroviária Deutsche Bahn aumentou o número de trens em circulação entre as principais cidades alemãs.

O sindicato dos controladores GdF e a Fraport trocam acusações no conflito salarial. A Fraport afirma que a categoria insiste num aumento salarial "muito elevado" de 40 a 50%. Já o sindicato GdF, afirma que a Fraport recusou uma proposta de mediação feita pelos controladores.