rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Aeroporto Alemanha Aviação Greve Tráfego aéreo

Publicado em • Modificado em

Greve em aeroportos da Alemanha provoca cancelamento de voos

media
Passageiros observam manifestação de grevistas no aeroporto de Frankfurt, nesta terça-feira. REUTERS/Kai Pfaffenbach

Os nove principais aeroportos da Alemanha ficaram parcialmente paralisados, até o início da tarde desta terça-feira, em consequência de um movimento grevista do sindicato dos trabalhadores do setor público. Só em Frankfurt, 450 voos foram cancelados, um terço do total.


Além do aeroporto de Frankfurt, foram afetadas as unidades de Munique - com 85 voos cancelados -, Stuttgard, Dusseldorf, Colônia, Hannover, Bremen, Dortmund e Muenster-Osnabrueck.

A Lufthansa, maior companhia aérea alemã, informou que teve que cancelar 400 voos domésticos e internacionais nesta terça-feira.

Os trabalhadores grevistas reivindicam 6,5% de reajuste salarial para dois milhões de funcionários públicos. Eles rejeitaram, na semana passada, a proposta do governo de aumentar os salários em 3,3% em dois anos. As próximas negociações são previstas para quarta e quinta-feira em Potsdam.

Há três semanas, outros movimentos de greve atingem o transporte público, creches, hospitais e serviços de administração em toda a Alemanha. Apenas agora os aeroportos se uniram à paralisação.