rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Chocolate Culinária França Páscoa

Publicado em • Modificado em

Premiado patissier francês Sébastien Gaudard opta pela tradição na Páscoa

media
O patissier francês Sébastien Gaudard Divulgação

Independente das diferenças culturais ao redor do mundo, o ponto em comum é garantido: a tradicional troca de ovos e chocolate. A criação tem origem na França, durante o século 18. Na época, os confeiteiros franceses tiveram a ideia de esvaziar e rechear os ovos com chocolate, finalizando a peça com uma pintura por fora. Em Paris, um dos mais célebres patissiers da cidade, Sébastien Gaudard, eleito o chef patissier de 2012 pelo guia Pudlo, mistura tradição e inovação nas peças criadas para a Páscoa deste ano.


Com a colaboração de Camila Cesar

Reportagem Páscoa 18/04/14 23/04/2014 Ouvir

Sébastien seguiu os passos do pai, Daniel Gaudard, um importante patissier da região de Lorraine, no nordeste da França, e aos 22 anos deu os primeiros passos na carreira que o consagraria na cena gastronômica parisiense. Depois de passar por grandes casas do ramo, que incluem Fauchon e Pierre Hermé, ele comanda, desde 2011, a loja que leva o seu nome em Montmartre.

Em um retorno às raízes, ele explica que a coleção de Páscoa deste ano remete à tradição. Os chocolates, em formato de ovos, galinhas com pintinhos e até mesmo cordeiros, trazem diversão para a festa, que tem nas crianças o seu público-alvo, e foram feitos com moldes antigos da patisserie do pai do confeiteiro. "Esses moldes são fôrmas antigas que eu resgatei da confeitaria do meu pai, que ficava em Pont-à-Mousson. São moldes antigos e bastante específicos, que não encontramos mais hoje", explica. Segundo o patissier, por serem mais antigos, alguns moldes são difíceis de manusear, mas o resultado final compensa e se destaca em meio à concorrência.

Inovação na produção brasileira

Já no Brasil, o chef Rafael Barros, da patisserie Opera Ganache, em São Paulo, conta que há alguns anos a loja investe em outros formatos para fugir do tradicional coelho, como as divertidas galinhas de chocolate, uma inovação para a data. A novidade serviu de inspiração para outras lojas do ramo no país, que também começaram a variar a oferta de produtos para a Páscoa. Coloridas ou nas cores do chocolate, elas fazem sucesso junto ao público.

Para este ano, ele conta que preferiu seguir uma linha mais purista, e criou a coleção nas cores do chocolate branco, ao leite e meio amargo. "Elas são superdivertidas e inspiradas na animação A fuga das Galinhas", acrescenta. Outra novidade da marca neste ano é o visual dos ovos de chocolate, que vem recheados de ovinhos incrustados na casca do ovo maior.

Clique na imagem ver uma galeria com as criações dos dois confeiteiros