rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Itália Literatura Escritor

Publicado em • Modificado em

Morre o escritor italiano Umberto Eco, autor de "O nome da Rosa"

media
L'écrivain italien Umberto Eco. REUTERS/Andrea Comas

Morreu nesta sexta-feira (19) aos 84 anos o escritor e filósofo italiano Umberto Eco, autor de livros como "O Nome da Rosa", O Pêndulo de Foucault' e 'O Cemitério de Praga'.


O escritor italiano, que há anos lutava contra um câncer, morreu em casa, em Milão, por volta das 21H30 desta sexta-feira. A notícia foi dada pelo jornal “La Repubblica”, que confirmou a informação com a família do autor.

Umberto Eco nasceu em Alessandria em 5 de janeiro de 1932, e estudou filosofia na Universidade de Turin, onde fez a sua tese  sobre o “problema estético de Tomás de Aquino.”

Ele escreveu o livro “O nome da rosa” aos 50 anos. A obra vendeu milhões de exemplares e foi traduzida em 43 idiomas. Em 1986, o livro ganhou uma adaptação para o cinema, feita pelo diretor francês Jean-Jacques Annaud, com Sean Connery no papel do monge franciscano Guillaume de Baskerville, o ex-inquisidor encarregado de investigar a morte suspeita de uma freira em uma abadia do norte da Itália.

Uma grande perda para a cultura contemporânea

“O mundo perde um dos homens mais importantes da cultura contemporânea”, escreve o La Republica em seu site. “Seu olhar sobre o mundo nos fará falta”, acrescenta o jornal.

Umberto Eco e outros grandes nomes da literatura decidiram em novembro romper o contrato com a editora Bompiani, comprada pelo grupo Mondadori (propriedade da família Berlusconi) para criar uma nova editora independente batizada “La nave di Teseo”, nome do rei de Atenas na mitologia grega.