rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Atentado Estocolmo Atropelamento Ataques

Publicado em • Modificado em

Atropelamento provoca mortes em Estocolmo; polícia diz que é atentado

media
O caminhão foi lançado contra uma loja na região central de Estocolmo nesta sexta-feira, 7 de abril de 2017. Foto: Reuters

Um caminhão se lançou contra pedestres nesta sexta-feira (7) na rua comercial mais frequentada do centro de Estocolmo, na Suécia. Há pelo menos dois mortos e várias pessoas pessoas feridas. As forças de segurança confirmaram que se trata de um atentado terrorista. O incidente aconteceu nas proximidades da estação de metrô T-Centralen, pela qual passam todas as linhas de Estocolmo.


O veículo, descrito pela imprensa local como uma caminhonete, atropelou várias pessoas em pleno centro de Estocolmo, ferindo várias delas, indicou a polícia sueca em um comunicado. O incidente ocorreu pouco antes das 10h de Brasília, perto de grandes lojas, no cruzamento da avenida Klarabergsgatan com a rua para pedrestres Drottningatan.

"Tudo indica que Estocolmo foi alvo de um ataque terrorista", declarou o primeiro-ministro sueco, Stefan Lofven. O caminhão, que foi roubado, de acordo com a polícia, invadiu a fachada de uma grande loja de departamento sueca. O veículo ficou encastrado na vitrine, segundo imagens da TV sueca.

Os canais de televisão mostram que a polícia bloqueou o acesso ao local. Várias pessoas buscam informações próximas ao cordão de isolamento. Um canal de TV sueco afirma que três homens armados saíram do veículo após a ação, mas esta informação não foi confirmada pelas autoridades.

Testemunhas afirmaram que muitas viaturas policiais e ambulâncias seguiram para o local. Helicópteros sobrevoavam o centro da capital da Suécia. As autoridades fecharam a estação central de trens e suspenderam a circulação dos ônibus e e do metrô.

Esse é o quarto ataque do gênero na Europa, depois de Nice (julho de 2016), Berlim (dezembro de 2016) e Londres, no último dia 22 de abril.