rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Rainha Elizabeth II Inglaterra Príncipe Príncipe consorte Palácio de Buckingham Londres

Publicado em • Modificado em

Príncipe consorte da Inglaterra abandona compromissos oficiais

media
O príncipe Philip, marido da rainha Elizabeth II da Inglaterra, anunciou que abandonará os compromissos públicos no outono. REUTERS/Neil Hall

O príncipe Philip, marido da rainha Elizabeth II da Inglaterra, que completará 96 anos em junho deste ano, abandonará os compromissos públicos no outono (no hemisfério norte, primavera no Brasil), anunciou nesta quinta-feira (4) o Palácio de Buckingham.


"Sua Alteza Real o Duque de Edimburgo decidiu que não comparecerá a compromissos públicos a partir do outono deste ano", afirmou um comunicado oficial, segundo o qual Philip recebeu "todo o apoio da rainha" ao tomar sua decisão.

"O príncipe Philip atenderá os compromissos previamente estabelecidos entre o momento de agora e agosto, tanto individualmente como acompanhando a rainha. Depois, o Duque não aceitará novos convites, mas poderia optar por participar em certos eventos públicos, de vez em quando".

Ao mesmo tempo, "Sua Majestade continuará cumprindo um programa completo de compromissos oficiais com o apoio de membros da Família Real", concluiu o comunicado.

“Minha rocha”

Philip de Edimburgo e Elizabeth II se casaram em 20 de novembro de 1947, data que completará 70 anos em 2017. O matrimônio aconteceu cinco anos antes da ascensão dela ao trono da rainha.

"É minha rocha. Tem sido minha força e meu apoio", afirmou em 2011 a rainha, pouco inclinada a demonstrações de carinho em público.

Tataraneto da rainha Victoria como a própria Elizabeth, e de ascendência alemã, o duque nasceu em 10 de junho de 1921 na ilha grega de Corfu, como príncipe da Grécia e da Dinamarca, quinto filho e único homem da princesa Alice de Battenberg e do príncipe Andrew da Grécia.

"Acredito que cumpri com a minha parte", declarou Philip em entrevista à BBC em 2011, quando completou 90 anos e anunciou que deixaria de ser o patrono de algumas fundações. Atualmente, o príncipe permanece vinculado a 780 fundações, de acordo com o comunicado do Palácio de Buckingham.

Alarme

Depois do alarme da imprensa britânica com uma reunião de emergência no Palácio de Buckingham nesta manhã (4), fontes próximas à rainha Elizabeth garantem que tudo vai bem com ela, que tem 91 anos, e seu marido, o príncipe Philip de 95 anos.

Um boato sobre a saúde do casal levou os jornalistas a invadirem o Palácio de Buckihgham na manhã desta quinta-feira, em Londres. Mas, segundo o staff da Rainha, não há motivos para alarme e este tipo de reunião acontece diversas vezes por ano.