rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Holanda Petróleo Acidente

Publicado em • Modificado em

Maior refinaria de petróleo da Europa fecha temporariamente após acidente

media
A Shell preferiu não falar sobre o possível impacto do acidente em sua refinaria de Roterdã no mercado do petróleo. REUTERS/Neil Hall/File Photo

O gigante anglo-holandês Shell informou nesta terça-feira (1°) que a refinaria de petróleo de Roterdã, na Holanda, permanecerá fechada pelo menos até meados de agosto. A estrutura, considerada a maior da Europa, foi palco de dois incêndios nos últimos dias.


A refinaria Shell Pernis de Roterdã teve boa parte de suas atividades suspensas já na segunda-feira após uma pane provocada por um incêndio. Em um comunicado, a empresa informou que o fechamento é apenas uma “medida de segurança”.

O primeiro acidente ocorreu no sábado, com um incêndio em uma central elétrica de alta tensão no local. Além de ser a maior refinaria da Europa, o conjunto, formado por 60 usinas é um dos maiores do mundo.

O segundo incêndio foi registrado na segunda-feira (31). O fogo teria sido provocado pelo vazamento de fluoreto de hidrogênio, um gás altamente reativo. “A fonte do problema foi identificada e reparada”, informou a empresa.

“Nós sentimos muito pelo impacto que isso poderá causar para os nossos clientes e fazemos o possível para minimizá-lo”, declarou o grupo. No entanto, a empresa se recusou responder as questões sobre as eventuais consequências do acidente para o mercado.

A refinaria de Roterdã produz 404 mil barris de petróleo por dia. O complexo é do tamanho de 800 campos de futebol.