rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Barcelona Atentado Morte Grupo Estado Islâmico Terrorismo Espanha

Publicado em • Modificado em

Alemã de 51 anos morre em Barcelona e eleva para 16 número de vítimas nos atentados

media
Flores cobrem marcas dos atropelamentos nas Ramblas de Barcelona. REUTERS/Susana Vera

O balanço de vítimas dos atentados na Catalunha subiu para 16 mortos, com o falecimento neste domingo (27) de uma mulher alemã de 51 anos. Ela estava hospitalizada em estado crítico na Unidade de Cuidados Intensivos do Hospital del Mar em Barcelona", disse a protecção civil em um comunicado.


O duplo ataque de Barcelona e da estância balneária de Cambrils, nos dias 17 e 18 de agosto, reivindicado pela organização ultrarradical Estado Islâmico (EI), também fez mais de uma centena de feridos, cinco dos quais ainda estão hospitalizados em estado crítico. 

A alemã morta neste domingo tinha sido ferida no atropelamento ocorrido nas Ramblas de Barcelona, ​​quando uma van conduzida por um jovem marroquino colidiu com a multidão, na avenida mais frequentada por turistas na metrópole catalã.

No sábado (26), mais de 100.000 pessoas marcharam em Barcelona contra a violência jihadista, na presença do Rei de Espanha, Felipe VI, sob o slogan "eu não tenho medo". Os catalães e turistas reunidos na manifestação transmitiram uma vibrante mensagem de união e defesa da paz.

Com agências internacionais