rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Museu Londres veículos Carros

Publicado em • Modificado em

Veículo avança sobre pedestres em frente a museu de Londres

media
Policiais barram acesso a Museu de História Natural de Londres, após incidente. REUTERS/Peter Nicholls

A polícia britânica confirmou que 11 pessoas ficaram feridas neste sábado (7) depois que um veículo avançou sobre os pedestres, em frente ao Museu de História Natural de Londres, um dos mais frequentados da capital inglesa. A colisão ocorreu por volta das 14h30, no horário local (10h30 em Brasília). A hipótese de ato terrorista não está descartada, mas não é privilegiada pela polícia.


Um homem foi preso no local. As investigações estão em curso para determinar as circunstâncias e os motivos do incidente, que gerou um movimento de pânico nos arredores, no bairro de Kensington. Nove feridos foram hospitalizados, com ferimentos leves.

Um vídeo postado no Twitter mostra um homem sendo contido por outras pessoas perto de um veículo acidentado. Um porta-voz do museu confirmou que um veículo havia atropelado pedestres. O motorista também ficou ferido e chegou a ser hospitalizado, para depois ser levado na condição de detido para uma delegacia do norte de Londres, acrescentou a polícia.

Agora, os investigadores tentam estabelecer as circunstâncias do episódio, que está sendo tratado como um "acidente", e não como um "incidente relacionado com o terrorismo".

Desespero

Uma testemunha, Leonard, relatou à AFP cenas de pânico. "Eu estava perto da estação de metrô de South Kensington, havia muitos policiais e, de repente, um policial gritou para a multidão correr, e todos saíram em pânico", disse.

O acidente ocorre num contexto de ameaça terrorista no Reino Unido, após uma onda de ataques reivindicados pelo grupo Estado Islâmico nos últimos meses no país. A Inglaterra já foi alvo de cinco atentados neste ano, dos quais três foram realizados por veículos que atropelaram pedestres.

Com informações da AFP