rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Alemanha Ataques Faca Munique Feridos Violência

Publicado em • Modificado em

Polícia alemã detém suspeito que feriu pessoas a facadas em Munique

media
Policiais alemães patrulham área de Munique (sul) onde um homem de 40 anos atacou pedestres a facadas. Reuters

Após algumas horas de buscas, a polícia de Munique, no sul da Alemanha, deteve um homem suspeito de atacar oito pessoas com uma faca na manhã deste sábado (20), segundo um balanço atualizado. As agressões aconteceram na área de Rosenheimer Platz, bairro a leste do centro de Munique.


O porta-voz da polícia de Munique, Marcus da Gloria Martins, disse que testemunhas ajudaram a estabelecer o retrato-robô do suspeito. "Um homem forte, de cabelo loiro e curto." O suspeito detido, que correspondia à aparência do retrato-robô, foi interrogado pelos investigadores. Ele é um dependente de drogas e já era fichado na polícia por roubo e violência.

O chefe da polícia de Munique, Hubertus Andra, descartou a hipótese de um ataque terrorista. "Não há indícios de motivação terrorista, religiosa ou política", declarou Andra. "Ele parece ser um desequilibrado, ter problemas psicológicos", disse o comissário.

Estrangeiros entre as vítimas

O suspeito, de 33 anos, feriu oito pessoas em seis locais próximos da praça. Num primeiro momento, a polícia informou pelo Twitter que ele havia fugido de bicicleta. "Estamos à procura do agressor com todas as forças policiais disponíveis", dizia a mensagem. Por precaução, os moradores de Munique receberam ordem de ficar em casa.

Os ataques começaram às 8h30 na Alemanha, 4h30 pelo horário de Brasília. Dentre as oito pessoas visadas, havia seis homens, uma mulher e um menino de 12 anos. A maioria, seis pessoas, são de nacionalidade alemã; outras duas estrangeiras, da Itália e da Romênia. A maioria sofreu cortes superficiais.

O ministro do interior da Baviera, Joachim Hermann, disse que o estado de um dos feridos inspirava mais cuidados.