rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
  • Brasil/Itália : Bolsonaro afirma que vai extraditar italiano Cesare Battisti se for eleito

Montenegro Embaixada Estados Unidos Ataques Explosão

Publicado em • Modificado em

Homem se explode em frente à embaixada americana em Montenegro

media
Após tentativa de ataque, embaixada americana em Podgorica (Montenegro) ficará fechada. REUTERS/Stevo Vasiljevic

Um homem se explodiu diante da embaixada dos Estados Unidos em Podgorica, capital de Montenegro, após lançar uma granada contra o prédio da sede diplomática na madrugada desta quinta-feira (22), anunciou o governo local. Não havia danos aparentes na embaixada americana.


Montenegro aderiu à Otan em maio de 2017, apesar da oposição de grande parte da população deste pequeno país majoritariamente eslavo, de 660 mil habitantes. O anúncio da adesão provocou violentos protestos em 2015.

Ex-militar sérvio

O principal jornal do país, Vijesti, afirma que o suicida é um homem de 43 anos, natural de Kraljevo, na Sérvia, e morador de Podgorica. O jornal publica também imagens de um diploma de condecorações militares recebidas pelo homem, pela sua atuação no exército iugoslavo em 1999, quando a Otan atacou a Sérvia para terminar com a guerra do Kosovo. O diploma é assinado pelo ex-presidente sérvio Slobodan Milosevic.

Nesta época, Montenegro e Sérvia eram aliadas no que restava da República Federal da Iugoslávia. Montenegro declarou independência em 2006 e, desde então, se engajou em uma política pró-Ocidente.

Após a explosão da madrugada, a representação diplomática americana permanecerá fechada nesta quinta-feira. O governo dos Estados Unidos recomenda que os seus cidadãos “evitem” o local “até segunda ordem”.

Com informações da AFP