rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Arte Leilão de Arte Banksy Londres Pintura Arte Contemporânea

Publicado em • Modificado em

Obra de Banksy se “autodestrói” após ser leiloada por US$ 1,4 milhão

media
No fim do leilão, a obra de Banksy foi parcialmente destruída por um triturador escondido na moldura. Reprodução Instagram

Um quadro do misterioso artista britânico Banksy foi leiloado nesta sexta-feira (5) à noite pela Sotheby's House em Londres por mais de um milhão de euros e logo depois se autodestruiu parcialmente.


O martelo tinha acabado de ser batido para encerrar o leilão quando a obra, uma reprodução em tinta acrílica e spray de uma das imagens mais famosas de Banksy, "Girl with Baloon" - uma menina que segura um balão vermelho - começou a deslizar através de um triturador de papel escondido e foi parcialmente rasgada, de acordo com a casa de leilões. "Pode-se dizer que acabam de nos 'banksear'", reagiu Alex Branczik, gerente da casa de leilões, em comunicado.

Em vídeos publicados nas redes sociais, é possível ver a reação do público, entre a estupefação e o divertimento, imortalizando o momento com suas câmeras enquanto dois funcionários da casa de leilões se aproximavam para retirar o trabalho. A peça havia sido adquirida por US$ 1,4 milhão. O próprio Banksy comentou sobre a peça no Instagram, onde postou uma foto do momento com a legenda "Se vai, se vai, se foi...".

"É certamente a primeira vez na história dos leilões em que uma obra de arte se autotritura automaticamente após o martelo", reagiu a casa de leilões. Banksy, artista e grafiteiro de Bristol, no sudoeste da Inglaterra, é conhecido por sua arte urbana irônica e comprometida, embora sempre tenha mantido sua identidade sob estrito sigilo. Algumas de suas criações foram leiloadas por somas vertiginosas.

Obra pode ter encarecido após ser triturada

No final do acontecimento retumbante, que foi, neste sábado, um dos tópicos mais discutidos nas redes sociais no Reino Unido, a obra - e seu triturador - poderiam ficar ainda mais caros, disse Alex Branczik.

A mensagem de Banksy no Instagram, e o fato de que um homem misterioso usando um chapéu e óculos de sol foi visto perto da entrada da Sotheby's logo após a venda, alimentou especulações sobre a possibilidade de que a estrela da arte contemporânea pudesse estar presente.

Se a imprensa especializada britânica questionou uma possível cumplicidade da Sotheby's no ato, Branczik, citado pelo site The Art Newspaper, assegurou não ter sido avisado da fraude. "Conversamos com o comprador, que ficou surpreso com essa história. Estamos em discussão sobre os próximos passos", disse a casa de leilões em comunicado no Financial Times.