rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
  • Holanda : Polícia prende suspeito do ataque em Utrecht
Linha Direta
rss itunes

Lisboa recebe Web Summit, conferência de inovação digital que reúne estrelas do setor

Começa nesta segunda-feira (5) e vai até quinta, em Lisboa, a décima edição do Web Summit, um dos maiores eventos de tecnologia e inovação da Europa. Esta é a terceira vez que a capital portuguesa sedia a conferência, que reúne gigantes do digital, start-ups e microempresas.

A palestra de abertura da Web Summit neste ano será feita pelo engenheiro britânico Tim Berners-Lee, inventor, nos anos 90, do www (World Wide Web), o protocolo que possibilita o acesso à rede. Avesso a aparições públicas, o cientista que trabalhava no CERN (Conselho Europeu para a Pesquisa Nuclear) falará sobre a transformação da rede e os obstáculos enfrentados para que a web seja um instrumento a serviço da humanidade. Na abertura do evento também estarão presentes o secretário-geral da ONU, António Guterres, e o primeiro-ministro português, Antonio Costa.

Outra estrela do Web Summit neste ano é Evan Williams, co-fundador da plataforma Blogger, que lançou o formato Blog, que deu início aos diários digitais. A empresa foi comprada pelo Google. Além dele, sobem no palco do Web Summit o ex primeiro-ministro britânico, Tony Blair, a atriz Maisie Williams, o presidente executivo do eBay, Devin Wenig, além do designer de moda Alexander Wang e o presidente da Microsoft Corporation, Brad Smith.

A representante francesa da extrema-direita, Marine Le Pen, chegou a ser cogitada para a lista de speakers, mas o presidente executivo da Web Summit, Paddy Cosgrave cancelou o convite diante das reações negativas da esquerda portuguesa.

Durante os três dias do evento, mais de 70 mil participantes de 170 países discutirão economia, inteligência artificial e o papel da imprensa na era digital. Lisboa sediará o evento durante os próximos dez anos, diz o presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina.

Participação brasileira

O empresário brasileiro presidente em Portugal, Eduardo Migliorelli, da AtlanticHub, e o empresário português, Filipe Rosa, criaram a “Missão Web Summit” que organiza a vinda de um grande grupo de brasileiros interessados em expandir seus negócios, investindo em Portugal. O stand se chama “Brasil Conexion” e pretende divulgar o trabalho que vem sendo desenvolvido no país.

Para o brasileiro Luís Calado, que trabalha numa multinacional norte-americana, participar pelo segundo ano consecutivo do Surf Summit, é uma boa maneira de fazer contatos e se aproximar das pessoas com os mesmos interesses.

O vice-presidente dos empresários da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, Gilberto Lima, explica que a Web Summit é o evento que dá as diretivas do futuro mercado da inovação. A organização da sua empresa, Going Global Consulting, trouxe mais de 200 empresas brasileiras para esta edição, 120 a mais do que no ano passado.

(Com informações de Adriana Niemeyer, correspondente em Lisboa)

Visto, acordos econômicos e transferência tecnológica estão na agenda de Bolsonaro nos EUA

Aniversário de 60 anos do exílio leva China a proibir turistas no Tibete até abril

Em plena campanha eleitoral, Netanyahu se envolve em briga com atriz que interpreta Mulher-Maravilha

Após obter novas garantias junto à UE, Reino Unido vota novamente acordo do Brexit

Venezuela: apagão leva Guaidó a pedir instauração do estado de emergência

Greve de mulheres espanholas exige igualdade salarial no mercado de trabalho

Vaticano faz em Manaus reunião preparatória para Sínodo da Amazônia, criticado por governo Bolsonaro

China corta impostos e anuncia "batalha" para combater desaceleração da economia

Venezuela: manifestações marcam retorno de Guaidó, que pode ser preso

Mostra em Berlim reconstrói cidades históricas sírias destruídas pela guerra

Brasil faz escolha coerente ao descartar conflito armado na Venezuela, dizem analistas

Em duelo político, Maduro e Guaidó promovem shows na fronteira entre Colômbia e Venezuela

Em cúpula sobre pedofilia, papa pede que Igreja encare a "praga dos abusos sexuais"

Cem empresários argentinos começam a depor no processo "Cadernos da Corrupção"