rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Museu Itália Alemanha

Publicado em • Modificado em

Museu italiano faz apelo à Alemanha para que obra roubada por nazistas seja devolvida

media
Diretor do Museu Galleria degli Uffizi, Eike Schmidt, pendura cópia da obra "Vaso de Flores" do holandês Jan van Huysum, roubada por nazistas durante a Segunda Guerra mundial, 01/01/2019 Twitter @UffiziGalleries

O diretor da Galleria degli Uffizi (Galeria dos Ofícios, em português) - um palácio situado em Florença, na Itália que abriga um dos mais antigos e famosos museus do mundo – pediu nesta terça-feira (1) à Alemanha, que restitua um quadro do pintor holandês do século XVIII Jan van Huysum, roubado pelos nazistas durante a Segunda Guerra Mundial.


“Fazemos um apelo à Alemanha para 2019: desejamos que, neste ano, a obra ‘Vaso de flores’ do pintor holandês, Jan van Huysum, roubada pelos soldados nazistas, possa finalmente ser devolvida à Galleria degli Uffizi”, escreveu em um comunicado Eike Schmidt, diretor do museu, que também é alemão.

Ele também explicou que o quadro está “atualmente na casa de uma família alemã que, após todo esse tempo, ainda não devolveu a peça ao museu, apesar de inúmeros pedidos do Estado italiano”. A obra, um óleo sobre tela de 47x35 cm assinada por Jan van Huysum (1682-1749), um pintor de renome, especialista em natureza morta, pertencia, desde 1824, às coleções do Palácio Pitti, um outro grande museu florentino.

Confiscada pelos alemães durante a guerra, ela foi enviada à Alemanha, mas seu paradeiro ficou desconhecido até 1991, quando aconteceu a reunificação do país, explicou Eike Schmidt. “É por causa de casos como esse, que prejudicam a Galleria degli Uffizi, que feridas da Segunda Guerra mundial e do terror nazista ainda não se cicatrizaram”, completou.

Lei favorece infratores

O historiador de arte acredita também que a “Alemanha deveria abolir a prescrição de crimes de roubo de obras que aconteceram durante o conflito, para assegurar que elas possam retornar aos proprietários originais”.

Enquanto a obra não é devolvida, foi colocada nesta terça-feira, no Palácio Pitti, uma reprodução em preto e branco do “Vaso de flores” de van Huysum. Ao lado, aparece a palavra “roubada” (em italiano, inglês e alemão), assim como um pequeno texto explicativo que informa o público que “a obra foi roubada por soldados do exército nazista em 1944 e se encontra atualmente em uma coleção privada na Alemanha”.