rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
  • Ministro francês acusado de esbanjar dinheiro renuncia

Eleições Europa extrema direita

Publicado em • Modificado em

Marine Le Pen e Matteo Salvini vão fazer campanha conjunta para eleição europeia

media
Marine Le Pen e Matteo Salvini se encontraram nesta sexta-feira (5), em Paris. (Foto de arquivo) Alberto PIZZOLI / AFP

A líder da extrema direita na França, Marine Le Pen, e o ministro do interior da Itália, Matteo Salvini, vão organizar um comício juntos no dia 18 de maio, em Milão, como parte da campanha para as eleições europeias. A informação foi divulgada pela assessoria do partido Agrupamento Nacional (ex-Frente Nacional), do qual Le Pen é presidente, depois de um encontro entre os dois líderes, nesta sexta-feira (5), em Paris. O italiano esteve na capital francesa para participar do encontro de ministros do interior do G7. 


O comício conjunto combinado entre os dois seria uma estratégia de campanha para as eleições europeias que estão marcadas para 26 de maio. A assessoria de imprensa de Salvini confirmou o diálogo e disse que os líderes vão "anunciar o começo de uma nova Europa". Depois do encontro, Le Pen publicou uma mensagem na sua conta no Twitter dizendo estar pronta para ganhar as eleições europeias em 26 de maio junto com Matteo Salvini.

A reunião entre os dois líderes foi privada e não teve seu local divulgado. Segundo nota do partido de Le Pen, eles discutiram temas de campanha, principalmente a agenda ecológica, assim como as ações do governo italiano em relação a políticas sociais e de emprego. Já o comunicado divulgado pela assessoria de Salvini afirma que os principais temas de campanha serão trabalho, família e proteção ao meio-ambiente. O tema da imigração, frequentemente discutido entre os dois países, não fez parte da pauta.

O encontro é uma tentativa de construir um eixo unificado entre França e Itália. Os líderes querem também reunir outros patidos nacionalistas europeus para uma grande frente no bloco.