rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
Linha Direta
rss itunes

Festival de música eletrônica expõe Bélgica como polo europeu de drogas pesadas

Por RFI

Todo verão a Bélgica se transforma em um dos destinos mais cobiçados para os fãs da música eletrônica. O Tomorrowland, um dos maiores eventos dedicado ao gênero, está comemorando 15 anos, com muito techno e a forte presença de drogas pesadas.

Letícia Fonseca-Sourander, correspondente da RFI em Bruxelas

A edição deste ano de um dos festivais de música eletrônica mais badalados da Europa, o Tomorrowland, em Boom, na Bélgica, extrapolou em matéria de drogas. No final de semana passado, o primeiro do evento, foram detidos nada menos do que 24 traficantes e 231 pessoas  foram expulsas após pagarem multas por posse de entorpecentes. Um indiano de 27 anos morreu e quatro jovens estão internados na UTI do Hospital Universitário da Antuérpia.

Apesar da política de tolerância zero às drogas e o controle rigoroso na entrada do Tomorrowland, foram apreendidos 820 comprimidos de ecstasy, 139 gramas de cocaína, 198 gramas de MDMA – uma das formas mais puras do ecstasy, 153 gramas de ketamina, 54 ml de GHB – o ecstasy líquido, 9 gramas de maconha e 1 grama de haxixe. Com um público estimado em 400 mil pessoas, a primeira etapa do Tomorrowland aconteceu nos dias 19, 20 e 21 de julho; o segundo final de semana será nos dias 26, 27 e 28 de julho.

Fabricação local

De acordo com autoridades da Antuérpia, as drogas comercializadas e consumidas no Tommorrowland são fabricadas aqui mesmo na Bélgica e na Holanda. Os jovens de outros países que vêm para participar do festival desconhecem a qualidade dos produtos vendidos no mercado belga. “Isso é um perigo” – afirma Stéphanie Chomé, porta-voz da Procuradoria da Antuérpia – “a quantidade dos elementos puros nestas drogas são muito maiores do que as que são vendidas no exterior”.

Um estudo realizado pela Europol e o Observatório Europeu da Droga e Toxicodependência (OEDT) mostrou que a Bélgica é o país da Europa onde as drogas ilícitas são mais puras e mais baratas. O fato de o país estar no início da cadeia de distribuição dos entorpecentes no continente explica o mercado aquecido de drogas sintéticas a preços baixos.

Atualmente, há cada vez mais drogas circulando nas cidades europeias. No mês passado, o Observatório Europeu da Droga e Toxicodependência apresentou em Bruxelas um relatório mostrando o crescente papel da Europa na produção de drogas sintéticas produzidas em laboratórios. Foram detectadas 55 novas substâncias psicoativas, elevando para 730 o total.

Call centers e esgotos

O grau de pureza da cocaína atingiu o nível mais elevado da última década. Além disso, houve um aumento recorde de apreensão de cocaína, a droga ilícita mais consumida na União Europeia. Métodos inovadores de distribuição do produto através de call centers que garantem entregas rápidas aos hoje cerca de 2,6 milhões de jovens adultos – entre 15 e 34 anos – usuários da droga no continente.

Análises feitas nos esgotos de várias cidades europeias revelaram padrões do consumo das drogas. Barcelona é a capital europeia da cocaína, seguida por Zurique e Antuérpia, na Bélgica. O aumento da potência de produtos de cannabis na Europa também preocupa a agência europeia de drogas.

 

Elizabeth Warren desponta como a pré-candidata preferida dos democratas

Turquia ignora sanções dos EUA e promete intensificar ataques no norte da Síria

Partido ultraconservador vence eleição na Polônia e prosseguirá reformas controvertidas

Alemanha: autor de ataque contra sinagoga afirma ter sido motivado por ideias de extrema direita

Briga por processo de impeachment pode fortalecer a reeleição de Trump

Postura instável de Trump no norte da Síria ameaça futuro de curdos e pode fortalecer grupo EI

Papa Francisco condena "proselitismo religioso que força conversões" na Amazônia

Com coalizão "Geringonça", socialista António Costa desponta como vencedor do pleito em Portugal

Assassinato de jornalista saudita completa um ano sem punição e sem corpo

Manifestante é ferido a tiros em Hong Kong em protesto contra festa da China comunista

Catedral de Manaus celebra missa para religiosos que irão ao Sínodo do Vaticano

Maioria no Senado americano, republicanos não temem ameaça de impeachment

Derrubada de vetos de Bolsonaro à Lei de Abuso de Autoridade fortalece Congresso, diz presidente do Senado

Secretário-geral da ONU nega ter vetado Brasil e outros países na Cúpula do Clima