rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Argentina Assassinato Estupro França Sequestro

Publicado em • Modificado em

Assassinato de francesas na Argentina choca a França

media
Manchete do jornal francês Le Parisien, o assassinato de duas francesas na Argentina. RFI

O assassinato de duas universitárias francesas em Salta, no noroeste da Argentina, é destaque nos principais jornais e televisões da França nesta segunda-feira. Os corpos das duas jovens, de 24 e 29 anos, que estavam desaparecidas desde o dia 15 de julho, foram descobertos na última sexta-feira.


“Um assassinato odioso”, condena em sua manchete o jornal Le Parisien. As duas jovens francesas foram assassinadas a tiros e pelo menos uma delas teria sido estuprada. Segundo as primeiras investigações, elas teriam sido seqüestradas e ficaram detidas vários dias antes de serem mortas. Vestígios de DNA foram encontrados em uma das vítimas, levando a imprensa francesa a acreditar que o culpado será encontrado rapidamente.

Cassandre Bouvier, de 29 anos, e Houria Moumni, de 24, estavam de férias em Salta, uma região turística a 1.600 km de Buenos Aires, famosa por suas belas paisagens. Elas chegaram ao local no dia 11 de julho e não eram vistas no hotel onde estavam hospedadas desde o dia 16 de julho. Os corpos das duas turistas foram encontrados na sexta-feira, 29 de julho, perto de uma trilha do monte San Lorenzo, mas elas teriam sido mortas entre os dias 26 e 28 do mês passado.

O secretário de Estado para os Franceses no Estrangeiro, David Douillet, recebeu as famílias das vítimas no domingo e prometeu ajudar no que for necessário. Ele disse estar em contato permanente com a polícia argentina e confiar plenamente nas investigações para elucidar o crime. Os familiares das duas francesas viajaram nesta segunda-feira para a Argentina.

As duas francesas estudavam no Instituto de Altos Estudos da América Latina da Universidade Sorbonne Nouvelle de Paris e conheciam bem o continente latino-americano. O diretor do instituto lamentou a morte das duas universitárias brilhantes. Os colegas de Cassandre e Houria farão ainda nesta segunda-feira uma homenagem às duas francesas em frente da escola. A reitoria da universidade promete fazer uma cerimônia oficial para lembrar as duas estudantes em setembro.