rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
  • Carro fere seis na calçada em Newcastle em festa do fim do Ramadã
França
rss itunes

Exposição em Paris expõe objetos que lembram o fim de romances

Por Danilo Rocha Lima

Cartas de amor, álbuns, cuecas, escovas de dente e cartões de crédito. Tudo o que remete à uma relação amorosa, ou melhor, ao fim dela. Este é o ponto central da exposição Coeurs Brisés (em português, Corações Partidos), em cartaz até o dia 14 de fevereiro em Paris. A mostra foi criada por um casal croata que decidiu montar a exposição itinerante depois do fim do casamento deles, em 2006.

A exposição Corações Partidos conta com 100 objetos. A metade foi recolhida nesses últimos anos nas 23 cidades por onde a mostra passou. A outra metade, é coletada por habitantes da cidade que recebe a exposição atualmente: neste caso, Paris.Todos os objetos foram doados por pessoas que viveram um caso de amor e que contam, através de um objeto, a história de um romance e o seu fim.

Para o curador, José-Manuel Gonçalves, a exposição simboliza o desejo das pessoas em darem fim a algo que insiste em perdurar além do ponto final. A mostra é aberta para todas as idades. Dois estudantes de 14 anos, que visitaram a exposição esta semana, lembram que as pequenas histórias de amor expostas chocam, mas ao mesmo tempo ensinam muito, sobretudo àqueles que começam a viver os seus primeiros romances.

A professora que não quis se identificar, diz que a exposição itinerante desperta reações das mais variadas, de acordo com as histórias de amor vividas por cada visitante.

A exposição Corações Partidos desembarcará no Brasil, no primeiro semestre deste ano, em 3 cidades ainda não definidas. Confira abaixo algumas fotos da exposição:

 

Serviço:

Endereço: 5, Rue Curial, 75019, Paris

Segunda, terça, sábados e domingos - das 15h às 19h

Ingresso: De 4 a 7 euros.

 

Iniciativas da população tentam barrar vitória de Frente Nacional no norte da França

Com espumante melhor que o champanhe, Itália supera a França como maior produtor de vinhos

Ongs e população se mobilizam para acolher milhares de refugiados na França

Campanha francesa faz apelo por mais ruas com nomes de mulheres em Paris

Prefeitura de Paris fecha cerco a carros e irrita população nas férias

Enquanto igrejas são abandonadas, muçulmanos sofrem com a falta de mesquitas na França

Com apresentações de rua e ingressos baratos, ópera atrai jovens franceses

França culpa internet e videogames pela morte de três jovens em explosão

"Purple drank", droga à base de xarope, vira moda entre adolescentes na França