rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
  • Carro fere seis na calçada em Newcastle em festa do fim do Ramadã

Carros Ecologia Paris Trânsito Turismo

Publicado em • Modificado em

Em Paris, avenida à beira do Sena se torna exclusiva para pedestres

media
Projeto da Rive Gauche quando a via se tornar exclusiva para pedestres e bicicletas. voiessurberges.fr

Uma das maiores vias de carro à beira do Sena, conhecida pelos franceses como Rive Gauche, será totalmente fechada a partir desta segunda-feira. Ela passará por reformas nos próximos meses para se tornar uma via exclusiva para pedestres e bicicletas.


*Colaboração de Lucas Besse para a RFI

O projeto de urbanismo da Rive Gauche  vem criando discussões desde 2010 quando o prefeito de Paris, Bertrand Delanoë, declarou a intenção de proibir a circilação de carros em uma via de 2,3 km à beira do rio Sena, que vai da Pont de l'Alma até o Museu d'Orsay.

Muitos motoristas parisienses mostraram revolta sobre a decisão. A Associação 40 milhões de Motoristas criou em setembro do ano passado uma petição contra o projeto, que, de acordo com eles, vai transformar o trânsito de Paris ainda mais caótico. O ex- primeiro ministro François Fillon também era contra as mudanças na via e chegou a bloquear o projeto no começo de 2012.

O projeto prevê uma grande estrutura estética que acomodará diversos restaurantes e alguns cafés e jardins flutuantes. As reformas, que irão se prolongar por 4,5 hectares, devem ser concluídas na próxima primavera francesa. Ou seja, entre o final de março e junho deste ano.

No ano passado, os carros já tiveram que ceder seu espaço para os pedestres e bicicletas em outra via de Paris, a Rive Droite, que fica entra o Hotel de Ville, sede da Prefeitura, e Port de l'Arsenal, as obras foram concluídas em julho de 2012. De acordo com a companhia de tráfego de Paris, as mudanças não causaram problemas no tráfego da capital.