rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Air France França Greve Tráfego aéreo paralisação

Publicado em • Modificado em

Greve de controladores aéreos franceses cancela voo para o Brasil

media
Greve de controladores aéreos, nesta quarta-feira (8), deve cancelar cerca de 40% dos voos previstos. Reuters/Michaela Rehle

Os controladores aéreos franceses cruzam os braços por dois dias a partir desta quarta-feira (8). Preventivamente, quatro em cada 10 voos, principalmente domésticos, já foram cancelados no país. A maioria dos voos para o Brasil está garantida. Até agora, apenas o voo AF520 para Brasília foi cancelado.


A greve dos controladores aéreos estava inicialmente prevista para acontecer em 25 de março, mas foi adiada pela categoria devido ao acidente com o avião da Germanwings, nos Alpes franceses. A paralisação terá principalmente impacto nos voos domésticos e regionais.

O movimento vai afetar todas as companhias que operam na França. A Direção Geral da Aviação Civil francesa pediu que as empresas cancelassem preventivamente 40% dos voos previstos para quarta-feira (8), primeiro dia de greve. Mas a perturbação pode ser mais importante e as autoridades recomendam aos passageiros de se informar antes de ir ao aeroporto.

A Air France, a principal companhia aérea francesa, garante que vai manter a maioria dos voos transcontinentais nesta quarta-feira. Dos cinco voos para o Brasil previstos, apenas o AF520, que deveria decolar às 11h20 do aeroporto Charles de Gaulle, foi cancelado até o momento. Os dois voos para o Rio e os dois para São Paulo estão mantidos, assim como o voo da TAM para São Paulo. Os voos com destino a Paris estão mantidos.

Reivindicações

O sindicato da categoria reivindica melhorias na organização do trabalho e nas aposentadorias. A paralisação acontece até quinta-feira (9). Se as conquistas não forem obtidas, a categoria já prevê novas greves dos dias 16 a 18 de abril e de 29 de abril a 2 de maio.