rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
RFI CONVIDA
rss itunes

"Guerra não é religiosa, é ideológica", diz antropóloga Marion Aubrée

Por Márcia Bechara

O RFI Convida recebe a antropóloga Marion Aubrée, especialista em religiões da América Latina pela Escola de Altos Estudos em Ciências Sociais de Paris.

A semana que passou marcou a França com o assassinato do padre Jacques Hamel, que morreu degolado por dois jihadistas em sua paróquia de Saint-Etienne-du-Rouvray, na Normandia, no norte da França. Uma cerimônia fúnebre foi organizada nesta terça-feira (2) na catedral de Rouen, cidade a apenas oito quilômetros do local do ataque terrorista.

A França, país de Voltaire e dos filósofos iluministas, pioneiros na defesa do Estado laico, assiste, não sem certo espanto, ao retorno das identidades religiosas à pauta da agenda nacional. Para conversar sobre o assunto, o RFI Convida trouxe a antropóloga Marion Aubrée. Segundo ela, "a guerra não é política, é ideológica e contra os valores democráticos da cidadania".

"Os muçulmanos que se mobilizaram de forma ecumênica nesta semana perceberam muito bem que se trata de proteger a capacidade de viver juntos, respeitando as diferenças", afirmou a antropóloga. "Daesh (o grupo Estado Islâmico) está utilizando a pobreza e os problemas sociais que se desenvolveram na França nos últimos 20 anos, sobretudo dentro da comunidade muçulmana".

"O conceito de Estado laico não significa rejeitar todas as religiões, mas considerá-las uma escolha de ordem pessoal, esta é a base do princípio de laicidade", finalizou Aubrée.
 

Diretores mostram um Brasil apocalíptico no Festival de Cinema de Cannes

Único longa brasileiro em Cannes, Gabriel e a Montanha conquista imprensa e crítica

“Paris foca e trabalha só para Jogos de 2024”, diz diretor de comunicação

"Direitos humanos de Lula estão sendo grosseiramente violados", diz advogada do ex-presidente

"Não vejo fronteiras para meu trabalho", diz designer mineira Rita Lessa

“Brasil está no top 5 das vítimas do ciberataque”, diz especialista

"A cozinha brasileira ainda é um mistério aqui na França": Morena Leite, chef

Angelina Peralva: Discriminação positiva proposta por Macron não é novidade

"Brasil acompanhou ameaça do populismo na eleição francesa", diz historiador

Eleição francesa “é um alerta para o PT”, pensa Mathias Alencastro

"Vitória de Macron impulsionaria um Brexit moderado", diz analista britânico

François Removille: "Brasil é o quarto país em concurso francês de startups"

"A França sempre esteve de braços abertos para nossa cultura", diz promotora brasileira