rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
RFI CONVIDA
rss itunes

Voluntária brasileira conta experiência com refugiados de Paris

Por Adriana Moysés

Um projeto profissional trouxe a jornalista Izabela Moi, cofundadora da Agência Mural de Jornalismo das Periferias, na região metropolitana de São Paulo, a passar uma temporada em Paris. Ao chegar à capital francesa, em março passado, ela encontrou em seu bairro centenas de migrantes vivendo nas ruas em situação dramática. Rapidamente, Izabela decidiu tornar-se voluntária em um coletivo de cidadãos franceses que oferece ajuda aos migrantes na avenida de Flandres, no 19° distrito de Paris.

Em entrevista à RFI, Izabela conta sua experiência com os solicitantes de asilo e a ideia de criar, na capital francesa, um projeto semelhante ao que desenvolve em São Paulo. "Eu vi que a invisibilidade dos jovens recém-chegados, que querem ficar na França, ser franceses, mas que não conseguem ter voz, se expressar e se articular como cidadãos é maior ainda do que nas periferias. Parte do meu envolvimento como voluntária é tentar chegar até esses jovens que já estão aqui, estabelecidos, e talvez queiram começar um blog ou um site de notícias sobre e para a vida deles", conta a jornalista. 

Em São Paulo, a Agência Mural tem uma rede de 80 correspondentes locais, todos jovens jornalistas residentes em áreas periféricas. Chamados de "muralistas", eles cobrem o dia a dia em cerca de 45 bairros e dez cidades da Grande São Paulo, sob um ângulo que contempla a complexidade dessas comunidades distantes do centro e, na maior parte do tempo, negligenciadas pela grande imprensa ou lembradas apenas pela violência.

 

“Meu Brasil” é tema de mostra fotográfica em Paris criada com método de “mentoria”

Livro conta como Lisboa se tornou o “centro do mundo” na Segunda Guerra

Psicóloga brasileira publica na França livro sobre terapia sistêmica individual

“Desigualdade não diminuiu tanto assim nos anos 2000”, diz pesquisador do IPEA

“Maio de 68 foi uma explosão de criatividade, às vezes caótica”, diz Frédéric Pagès

“É um momento de celebração de mulheres em Cannes”, diz a atriz Mariana Ximenes

"Compromisso de ONG Líderes para a Paz é promover soluções pacíficas para conflitos", diz Antonio Patriota

“O Cinema Novo praticamente nasceu em Cannes, em 1964”, conta Cacá Diegues

Psicóloga lança em Paris livro sobre práticas medicinais e cultura de etnia da Amazônia

Regulamentação europeia para proteção de dados pessoais pode ter impacto no Brasil

“De 8.500 brasileiros adotados por franceses, metade pode ter sido de maneira ilegal”, estima especialista

Oxfam: aumento da desigualdade leva à instabilidade política e econômica no Brasil

Em turnê europeia, São Paulo Cia de Dança traz leitura do mundo em seus passos

Brasileira conta invasões à Sorbonne e à Casa do Brasil em Maio de 68

Voos diretos da Air France/KLM vão transformar Fortaleza em hub de conexões, diz governador

Federação sindical mundial lança site para valorizar trabalhadores dos serviços públicos

“Sistemas político e econômico do Brasil não se modernizaram como o judiciário”, diz economista francês