rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

França Atentado Polícia Terrorismo Jihadista

Publicado em • Modificado em

Polícia francesa desmantela nova tentativa de atentado

media
Um policial vigia um dos bairros de Estrasburgo, em maio de 2016 REUTERS/Vincent Kessler

A polícia francesa prendeu neste fim de semana sete pessoas envolvidas em um projeto de atentado “de longa data”, durante uma operação de sábado para domingo em Estrasburgo e Marselha. O anúncio foi feito nesta segunda-feira (21) pelo ministro do Interior, Bernard Cazeneuve.


Sete pessoas com idades entre 29 e 37 anos, de nacionalidade francesa, marroquina e afegã, foram detidas. Eles estavam sendo investigados há mais de oito meses pela polícia antiterrorista, de acordo com o ministro. Seis deles eram desconhecidos dos serviços secretos franceses. Um deles foi denunciado por “um dos países parceiros” na luta contra o extremismo, disse Cazeneuve.

A operação acontece uma semana antes da abertura da feira de Natal em Estrasburgo, que atrai, todos os anos, cerca de 2 milhões de pessoas à capital da Alsácia.

O ministro francês elogiou a ação das tropas de elite francesa, que teve uma “ação exemplar” e “extremamente eficaz.” Em 14 de junho, alguns dias após o início da Eurocopa, um grupo de cinco pessoas ligado à mesma rede que planejava o ataque foi preso, sendo que duas delas ainda continuam atrás das grades.

Determinar o papel dos envolvidos

A investigação agora entra em uma nova etapa para definir exatamente qual era o papel de cada um dos envolvidos no atentado, que visava uma série de ações simultâneas em vários locais diferentes na França. Há dois anos o país enfrenta uma onda de ataques sem precedentes, e o nível de ameaça continua extremamente elevado.

Com as prisões, já sobe para 418 o número de detenções de indivíduos ligados a redes terroristas desde o início de 2016. Desde setembro, já houve 143 detenções, sendo que 52 pessoas foram presas e 21 estão sob controle judiciário.