rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês

Paris Poluição veículos Meio Ambiente Saúde

Publicado em • Modificado em

Selo antipoluição é obrigatório no parabrisa de quem guiar em Paris

media
O selo antipoluição é obrigatório a partir de segunda-feira, 16 de janeiro de 2017 JEAN-PIERRE CLATOT / AFP

A partir desta segunda-feira (16), quem dirigir em Paris tem que ter no parabrisa do veículo o selo antipoluição. A medida visa lutar contra a poluição da cidade, que atingiu os piores picos dos últimos dez anos.


Todos os veículos a motor circulando por Paris - seja carro, caminhonetes, pick-up, caminhão, ônibus ou moto - tem que ter bem visível no parabrisa o selo antipoluição (Crit'Air, em francês), o certificado de qualidade do ar. O selo, que informa o nível de poluição gerado pelo veículo, é obrigatório para quem transita todos os dias ou para quem está somente de passagem pela cidade.

A medida também é acompanhada pela proibição de circulação, de segunda a sexta-feira, das 8h da manhã às 20h, dos veículos e motos mais velhos, a gasolina ou a diesel. Carros e caminhonetes fabricados antes de 1997, e motos de antes de 2000, não podem mais circular na capital.

Operação antipoluição pode salvar vidas

Quem for pego sem o selo deve pagar uma multa de € 65 euros para os carros (cerca de R$ 221), e € 135 para os caminhões (em torno de R$ 460).

Cerca de 600 mil veículos circulam diariamente em Paris; atualmente, 200 mil já possuem o selo, que pode ser encomendado no site do governo e custa € 4,18, pouco mais de R$ 14.

Com essa iniciativa, a prefeitura de Paris continua seu combate à poluição crônica que afeta a saúde dos seus habitantes. A poluição do ar provoca 2.500 mortes a cada ano na capital francesa, onde vivem 2,224 milhões de pessoas .