rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
  • UE impõe à Google multa recorde de € 2,4 bilhões por abuso de poder dominante

Campanha eleitoral Eleição presidencial francesa Candidatos

Publicado em • Modificado em

Estrelas de Hollywood pedem votos para presidenciável francês Mélenchon

media
O famoso ator Danny Glover é um dos autores da petição que pede votos para Mélenchon Twitter

Na reta final da campanha, artistas franceses e estrangeiros vão revelando quem são seus candidatos favoritos. E mesmo se não votam na França, nomes famosos se posicionam politicamente nesta corrida eleitoral.

 


Hollywood loves Mélenchon!

A parte curiosa da eleição é o anúncio de favoritos por estrelas militantes de Hollywood. Os atores Danny Glover e Mark Ruffalo tuitaram seu apoio a Jean-Luc Mélenchon, da esquerda radical, que também conta com aderentes "em casa", como os famosos atores Richard e Romane Bohringer, pai e filha.

Ainda na esfera de Mélenchon, além dos atores norte-americanos Danny Glover e Mark Ruffalo, a dramaturga Eve Ensler e o linguista Noam Chomsky redigiram uma petição pedindo um voto progressista para a França, destacando o crescimento do radical de esquerda nas pesquisas e apontando a degringolada do socialista Hamon.

"Não repitam a tragédia Clinton x Trump, e apoiem desde o primeiro turno o candidato de esquerda melhor colocado nas pesquisas, Mélenchon", diz a petição, que já recolheu cerca de 4.000 assinaturas. O texto aponta o risco de Marine Le Pen, da extrema-direita, ir para o segundo turno, reconhecendo que ele pode vencê-la se isto acontecer.

Quanto à loiríssima Pamela Anderson, ela foi conquistada pela proposta de Mélenchon de condecorar e dar a cidadania francesa a Julian Assange, fundador do site de investigação WikiLeaks, refugiado há anos na embaixada do Equador, em Londres.

Je vous aime, Benoît Hamon! Je vous aime, Macron!

Na França também as estrelas assumem suas escolhas.

A atriz francesa Juliette Binoche vai votar para o socialista Benoît Hamon Twitter

A atriz francesa Juliette Binoche foi uma das primeiras a tomar posição, anunciando que vai votar para o socialista Benoît Hamon. "Eu acho que ele é sincero e que está à escuta das pessoas", ela argumentou. Famosa internacionalmente, Juliette foi uma das poucas personalidades a se manifestar em favor de Hamon. Tradicionalmente, o mundo artístico apoia o Partido Socialista, mas neste ano um grande número de políticos de peso da formação "abandonaram o barco" para navegar com o centrista Emmanuel Macron.

E falando nele, o jovem ex-ministro da Economia de François Hollande conquistou a simpatia de famosos franceses, não muito conhecidos no Brasil, como a atriz e cantora Françoise Hardy, o cantor Renaud e a dama do teatro, Line Renaud.

Artistas deram as costas para direita e extrema-direita

O conservador François Fillon não conseguiu apoios entre os artistas, certamente porque os que militaram por Nicolas Sarkozy, do mesmo partido Os Republicanos, quando era presidente, pagaram um preço amargo e tiveram suas carreiras afetadas pela impopularidade do ex-chefe de Estado.

Já Marine Le Pen teve somente a adesão de um ator de baixíssimo nível Franck de Lapersonne. Esperava-se que a ex-diva Brigitte Bardot, casada com um membro da Frente Nacional, anunciasse o seu voto, mas nestas eleições ela se manteve bem longe dos holofotes e não fez nenhum pronunciamento.