rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
  • Boris Johnson anuncia um "excelente novo acordo" com a UE
Um pulo em Paris
rss itunes

Verão antecipado lota bares à beira do rio Sena em Paris

Por Adriana Moysés

O verão no hemisfério norte só começa oficialmente no dia 21 de junho, mas Paris já tem ares de festa. Com os dias mais longos - atualmente amanhece às 6h e escurece às 22h -, e as temperaturas acima de 23 graus, os franceses tiram a toalha de piquenique do armário e vão para a rua aproveitar o clima de verão.

Além do piquenique compartilhado com os amigos em parques, praças, na bacia de La Villette (19° distrito), no Canal de Saint Martin (10° e 11° distritos) ou nas passarelas do rio Sena, a cidade ganhou, nos últimos anos, uma intensa vida noturna à beira do rio.

A prefeitura fechou pistas expressas, antes utilizadas por carros, e transformou essas marginais em áreas para pedestres. No início, muitos parisienses e moradores da periferia, que usavam essas vias para ir ao trabalho, reclamaram do projeto. Mas com a instalação de equipamentos de qualidade, a transformação do espaço urbano em área de lazer conquistou o público. Os cais do Sena ganharam barcos reformados, as famosas "péniches", transformadas em bares, restaurantes e baladas, animadas por DJs até o amanhecer.

Piquenique, vinho e paisagem

Na margem direita do Sena, o parque "Rives de Seine", inaugurado em abril passado no trecho do cais que vai do túnel de Tuileries (1° distrito) à saída do túnel Henri IV (4° distrito), oferece uma extensa faixa de gramado, bancos, brinquedos para crianças, instrumentos esportivos, bares e restaurantes. O visitante tem 3,3 km de passeio na margem do rio, em meio ao conjunto arquitetônico tombado pelo patrimônio mundial da Unesco. Um ponto de referência é a "péniche" MR Mademoiselle Rose, perto da prefeitura de Paris.

Já na margem esquerda, o ponto mais frequentado atualmente fica nas imediações da ponte Alexandre III, entre o 7° e o 8° distritos, com acesso pela Esplanada dos Inválidos. No local, os bares Rosa Bonheur, Le Faust (também restaurante e club) e Concorde Athantique (dançante), entre outros estabelecimentos, vivem lotados a partir da "happy hour". Mais adiante, no 5° distrito, na altura dos jardins da Catedral de Notre Dame, a "péniche" La Nouvelle Seine abriga três espaços: bar, restaurante e teatro flutuante. Em frente à Biblioteca Nacional, no 13° distrito, as "péniches" Petit Bain e La Dame de Canton estão sempre animadas.

Em julho, a programação de verão irá crescer com o projeto Paris Praia, cuja principal novidade neste ano será a inauguração de três piscinas na bacia de La Villette.

Após semana de bloqueios do centro de Paris, Extinction Rebellion prepara novos protestos

Militantes são multadas por colarem cartazes contra feminicídio em Paris

Defesa do clima une ambientalistas, estudantes e coletes amarelos em manifestações em Paris

Uber, patinetes e bicicletas de aluguel saem ganhando com greve de transportes públicos em Paris

Campanha contra violência doméstica alcança forte impacto nas vítimas

Crédito imobiliário muito barato causa explosão no preço dos imóveis na França

Um ano após lei contra assédio de rua, França registra apenas 700 queixas

Amazon aumenta taxas de fornecedores para escapar de impostos na França

França ameaça tirar habilitação de motorista que dirigir falando no celular

Secador de cabelo de ouro e jantares de rei: ministro francês nega abusos e permanece no cargo

Hipódromo cria novas atrações e conquista público diversificado em Paris

Festa da Música mostra a grande diversidade de músicos profissionais e amadores franceses

Empresas francesas têm comprado silêncio de mulheres que denunciam casos de assédio