rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
  • França: Polícia afirma ter abatido Chérif Chekatt, suspeito do atentado de Estrasburgo
  • França : Governo decide reabrir feira de Natal de Estrasburgo após ataque terrorista

França Eleições legislativas Emmanuel Macron Eleições Legislativas 2017

Publicado em • Modificado em

Franceses votam sob forte esquema policial no primeiro turno das legislativas

media
Presidente Emmanuel Macron vota no 1° turno das legislativas em Touquet, em 11 de junho de 2017 REUTERS/Christophe Petit Tesson/Pool

Cerca de 47 milhões de franceses foram chamados às urnas no primeiro turno eleições legislativas deste domingo (11) que promete redefinir o rosto político do país. Liderando as intenções de voto, o partido República em Marcha, do presidente francês Emmanuel Macron, que precisa conseguir uma maioria na Assembleia para emplacar suas reformas e consolidar seu governo.


Os 67 mil locais de votação foram abertos hoje às 8 da manhã locais sob forte vigilância policial: 50 mil homens da Operação Sentinela foram mobilizados para garantir a segurança dos eleitores franceses. Concorrem nestas legislativas 7877 candidatos, dos quais 42% são mulheres, lutando por 577 assentos no Parlamento francês.

O fantasma da abstenção, estimada entre 40 e 51%, também ronda estas eleições legislativas e traz, é claro, um elemento de incerteza. As últimas urnas nos grandes centros do país deverão ser fechadas por volta de 20h locais, quando serão divulgados os primeiros levantamentos dos resultados parciais. O segundo turno destas eleições legislativas acontecerá no próximo domingo, dia 18 de junho.

A participação nas eleições legislativas é tradicionalmente mais baixa que na eleição presidencial que a precede. Os últimos números mostram uma participação ao meio-dia de 19,24% dos eleitores na França metropolitana, segundo o ministério do Interior, uma participação mais baixa do que em 2012, que registrava a esse hora uma presença de 21,06% dos eleitores nos locais de votação.

O presidente francês Emmanuel Macron votou em sua cidade, Touquet, no extremo norte da França, sob forte presença midiática e de franceses e turistas que se dirigiram ao local para cumprimentar o chefe de Estado neste primeiro turno das eleições legislativas na França.

As últimas pesquisas deram ao partido do presidente francês, o República em Marcha, cerca de 30% das intenções de voto, muito à frente do partido de direita Os Republicanos (20%) e da extrema-direita Frente Nacional (18%). O partido da esquerda radical França Insubmissa chegaria a 12,5% dos votos, enquanto o Partido Socialista do ex-presidente François Hollande obteria apenas 8%, confirmando a derrota histórica que sofreu no primeiro turno das eleições presidenciais.