rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
Um pulo em Paris
rss itunes

Bailes populares e striptease de bombeiros são tradição na festa nacional francesa

Por Silvano Mendes

Além da tradicional parada militar que celebra o 14 de julho na França, a festa nacional do país é comemorada com vários eventos populares. Concertos e bailes, organizados inclusive pelos bombeiros, marcam a data.  

O principal evento da festa nacional francesa é o desfile militar na avenida Champs-Élysées, em Paris. Transmitido pela televisão e sempre com a presença de personalidades políticas diversas – este ano com o presidente norte-americano Donald Trump –, a parada é o ponto alto do programa oficial. Mas as celebrações dessa data, à qual os franceses continuam apegados, e que comemora entre outras coisas a Queda da Bastilha e a Revolução Francesa, vão bem além do cortejo de tanques e soldados.

Na noite de 14 de julho uma grande queima de fogos de artifício é realizada em Paris e um show é produzido no Champ-de-Mars, a esplanada diante da Torre Eiffel. Este ano o programa terá um concerto lírico, com obras de Mozart, Puccini, Verdi e Bizet, entre outros, interpretados pela Orquestra Nacional francesa. Gratuita, a atração também é transmitida pela televisão.

Franceses comemoram nas ruas

Mas é nas ruas que a festa realmente acontece, com bailes populares em praticamente todas as cidades do país. Realizados nas noites de 13 e 14 de julho, essas celebrações começam geralmente tocando música francesa até 22h horas, antes de passar para um repertório internacional.

Outra tradição da festa nacional é o Baile dos Bombeiros, organizado dentro das casernas, que se transformam, durante uma noite (no dia 13 ou 14 de julho), em uma discoteca. A entrada geralmente é gratuita ou apenas um ingresso simbólico é cobrado, tornado o evento acessível a todos.

Criado em 1937 no bairro de Montmartre, o ritual acontece em Paris, onde há mais de 80 Corpos de Bombeiros, mas também em várias cidades francesas. O clima é descontraído, com um bar instalado dentro da caserna, muita música. Os “soldados do fogo”, como são chamados na França, dançam com os convidados e até shows de striptease, feitos pelos próprios bombeiros, fazem parte da festa.

Saiba mais clicando na foto acima.

Dois anos após atentados de Paris, oito pessoas continuam hospitalizadas

Campanha é criticada por incitar prostituição entre universitários na França

Mais de 10 mil pessoas foram multadas após jogar bituca de cigarro nas ruas de Paris

Famílias francesas têm menos filhos e mais mulheres sozinhas no comando

Políticos franceses não podem mais contratar familiares, mas primeira-dama ganha cargo oficial

Prefeitura de Paris vai lançar marca própria de cerveja produzida em parque da cidade

França inaugura linha de trem ultrarrápida entre Paris e região vinícola de Bordeaux