rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
Um pulo em Paris
rss itunes

Famílias francesas têm menos filhos e mais mulheres sozinhas no comando

Por Adriana Moysés

Estudo divulgado esta semana pelo Instituto Nacional de Estatísticas e Estudos Econômicos (Insee) mostra que 2/3 dos domicílios franceses são compostos de uma ou duas pessoas, com ligação de parentesco ou não. Num amplo levantamento realizado entre 1990 e 2013, o Insee constatou que o número de famílias monoparentais dobrou nesse período, passando de 12,5% para 22%. Em 85% dos casos, são mulheres que cuidam de um ou mais filhos menores de 18 anos.

O chamado "baby boom" do pós-guerra, pico de natalidade que durou até meados da década de 70 no país, passou a declinar lentamente a partir dos anos 90. O número de famílias com três crianças ou mais foi diminuindo continuamente, ao mesmo tempo em que aumentaram em 17% os núcleos de uma ou duas pessoas morando juntas, com ou sem relação de parentesco. Na maior parte das casas ou apartamentos habitados por duas pessoas, 78% são casais.

Apesar de o governo francês manter incentivos fiscais para as famílias com mais de três filhos, como um desconto vantajoso no imposto de renda, a taxa de natalidade passou de 2 para 1,93 entre 2014 e 2016. A profissionalização das mulheres, a maternidade tardia e a fragilidade das uniões são aspectos citados no relatório do Insee para explicar essas mudanças na sociedade francesa.

Para os pais animados, que ainda decidem ter três filhos ou mais, a França reserva algumas regalias até completarem 18 anos. Com um "cartão de família numerosa", emitido pela companhia ferroviária SNCF - programa criado em 1921 -, é possível obter descontos de 30% a 75% nos transportes, em atividades de lazer e algumas redes de supermercados. Diversos tipos de auxílios sociais são distribuídos pela Caixa de Benefícios Familiares (CAF), uma "tentação" que durante décadas, antes de o país entrar em crise, encorajou os nascimentos.

Incêndio em Notre-Dame levanta debate sobre preservação do patrimônio na França

França registra criação de empregos, mas "coletes amarelos" mantêm protestos

Pirâmide do Louvre comemora 30 anos com instalação do artista urbano JR

França se prepara para possível ação de black blocs durante 19° ato dos “coletes amarelos”

Associações propõem que políticos franceses vivam 15 dias “na pele de um pobre”

Humoristas francesas de stand up dão novo fôlego às causas feministas

Francês se aposenta com 62 anos, mas contribui 40 anos para receber a metade do que ganhava na ativa

Incêndios na mesma semana em CT do Flamengo e Paris levantam questões de segurança

Prostituição: Conselho Constitucional da França valida lei que pune clientes

“Coletes amarelos”: Macron organiza debates com franceses e reconquista popularidade

Depredação de radares vira "basta" a suposta "indústria da multa" na França

Fracasso de “Passe Livre” em Paris levanta debate sobre transporte gratuito nas metrópoles

Franceses enfrentam 2019 com imposto retido na fonte e multiplicação de movimentos sociais

Paris mantém magia de Natal em meio à crise social dos "coletes amarelos"

Segurança reforçada na França para 5° fim de semana de protestos dos “coletes amarelos”

Manifestação de "coletes amarelos" fecha lojas, museus e cancela eventos em Paris