rfi

Ouvindo
  • RFI Brasil
  • Último jornal
  • RFI em francês
RFI CONVIDA
rss itunes

Lavagem da Madalena traz Margareth Menezes à Paris, conta organizador

Por Patricia Moribe

O evento já entrou no roteiro de festas populares em Paris. A 16ª edição do Festival Cultural Brasileiro de Paris começa nesta terça-feira (5), que tem como encerramento a Lavagem da Madalena, inspirada na Lavagem do Bonfim. Quem fala a respeito é Roberto Chaves, baiano de Santo Amaro, há 25 anos na França.

“É uma semana de festa, um festival mágico”, conta Robertinho, como o organizador do evento é mais conhecido. “Tudo começou em 1998, na Basílica do Sacré Coeur, mas o projeto não vingou”, relata. “Mas como diz Carlinhos Brown, tudo é o tempo, o destino é Deus. E em 2002 fomos para a igreja da Madalena, onde abriram as portas para nós. É a igreja de uma santa e não da virgem, a Madalena prostituta, que sofreu. A lavagem vem do candomblé, vem do povo negro, que carrega o mesmo sofrimento”, diz o baiano.

Entre as atrações deste ano estão shows de Margareth Menezes e de Elba Ramalho. A brasileira Cristina Córdula, apresentadora de TV de sucesso na França, é a madrinha do evento.

Missa com atabaques

O festival começa com uma missa ecumênica na terça-feira (5), na igreja de la Madeleine, no centro de Paris, com presença do babalorixá pai Pote, de Santo Amaro, muita música e percussão. No dia seguinte, na sede da UNESCO, uma mesa redonda vai ter como tema a capoeira, que consta da lista da Unesco de tesouros imateriais da humanidade, com reconhecimento de mestres que ajudaram a divulgar a prática na Europa.

Os festejos terminam com a lavagem simbólica das escadarias da Madalena, precedida por um grande desfile com baianas, batucadas e muita capoeira.

Veja aqui a entrevista com Robertinho Chaves:

“Escrever já é uma resistência”, defende poeta Ana Elisa Ribeiro em Paris

Brasileiro Lucas Guimaraens é curador convidado da Bienal de Poetas na França

"Clarice Lispector é única não só no Brasil, mas no mundo também", diz biógrafo Benjamin Moser

Cláudio Edinger participa da feira Paris Photo com imagens de "Machina Mundi"

“Produzimos 45% de toda a proteína do Brasil sem desmatar”, diz governador do Mato Grosso na China

“Villa-Lobos leva o europeu a se interessar por outros compositores brasileiros”, diz Paulo Meirelles

Brasília se cala sobre a responsabilidade da Samarco na tragédia de Mariana, diz promotor

“Fotos brasileiras interessam cada vez mais mercado da arte”, diz curador em Paris

“Nunca morreram tantas pessoas assassinadas no Brasil”, diz pesquisador

Izabella Borges: "existe uma lenda que literatura brasileira não vende na França"

“Não existe salvador da pátria”, afirma prefeito do PSDB em visita a Paris